terça, 18 de dezembro de 2018
Saúde
Compartilhar:

Dia D de vacinação: paraibanos fazem filas para se imunizar e correr para longe da gripe

André Luiz Maia / 30 de abril de 2016
Foto: André Luiz Maia
Em João Pessoa, diversos postos espalhados por toda a cidade receberam os cidadãos logo no início da manhã durante o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Na Praça da Independência, uma fila extensa se formou abaixo das tendas montadas próximo ao cruzamento da avenida Maximiano Figueiredo, reunindo principalmente crianças, gestantes e idosos.

De acordo com o secretário municipal de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, a campanha pretende mobilizar, principalmente, crianças de seis meses a cinco anos, idosos com mais de 65 anos, gestantes, puérperas – mulheres que tiveram bebês nos últimos 45 dias –, presidiários e trabalhadores do sistema prisional, população indígena, trabalhadores de saúde, portadores de doenças crônicas e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas. “Imunizando esses grupos de risco, você cria uma barreira para imunizar a população como um todo”, explica.

A meta é imunizar 124 mil pessoas, equivalente a 80% da população, considerada do grupo de risco. As ações de imunização começaram no dia 13, vacinando gestantes e trabalhadores da saúde. O secretário municipal informou que a campanha segue até 20 de maio, podendo ser prorrogada devido à demanda. “A gente pede calma, pois o Dia D é apenas um dia de mobilização. A partir de segunda-feira, todos os postos de saúde estarão equipados para atender a população”, completa Fulgêncio.

O setor de imunização da secretaria municipal de saúde da Capital orienta sobre a importância da higiene. “Deve-se lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar. Se isso ocorrer, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável, além de não compartilhar alimentos ou copos e toalhas de uso pessoal”, explica a coordenadora Chiara Dantas.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que a Paraíba recebeu até o momento 630 mil doses da vacina trivalente, mas o governo estadual visa vacinar 759.280 pessoas, 80% do público alvo. A dose previne os três subtipos do vírus da gripe, que são: H1N1, H3N2 e influenza B.

Pessoas com histórico de reação alérgica em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados, ou que tenham doenças agudas febris moderadas ou graves recomenda-se adiar a vacinação, até a resolução do quadro, com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

Relacionadas