quinta, 18 de julho de 2019
Segurança
Compartilhar:

Vagão do ‘Trem do Forró’ descarrila

Redação / 19 de junho de 2019
Foto: Chico Martins
O primeiro vagão do Trem do Forró descarrilou esta semana e foi recolocado nos trilhos nessa terça-feira (18). O Sindicato dos Ferroviários da Paraíba diz que o transporte oferece riscos aos forrozeiros.

O presidente do sindicato, José Cleófas Batista, afirmou o trecho onde o trem saiu dos trilhos é muito perigoso por ser uma descida. Além disso, ele declarou que não é realizada a manutenção por não ser um local de uso contínuo.

“Está abandonado desde outubro de 2011 pela empresa operadora e ele só é utilizado no mês de junho. Eles fazem uma gambiarra com a limpeza da vegetação, então é perigosíssimo esse trecho”, falou o presidente do sindicato.

No momento do descarrilamento, o trem estava apenas com a equipe de operadores, sem passageiros. Ninguém se feriu, mas Cleófas disse que se preocupa com as viagens em razão da chuva.

A assessoria de imprensa da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) confirmou que a causa do acidente foi água em excesso nos trilhos. A CBTU também informou que, por falta de uso, não há manutenção devida do local.

Em nota, a assessoria de imprensa da Transnordestina Logística explicou que “de acordo com Termo de Entendimento firmado com a CBTU da Paraíba, as responsabilidades da FTL (Ferrovia Transnordestina Logística) se limitam à cessão da linha para realização do evento e à suspensão de manobras e eventual circulação de trens. A responsabilidade pela organização do evento, pela operação dos trens de passageiros e pela segurança dos participantes é da CBTU da Paraíba”, diz a nota.

Sem resposta. O jornal CORREIO tentou contato com Fred Rodrigues, responsável pelo evento, mas as ligações não foram atendidas.

 

Relacionadas