segunda, 15 de julho de 2019
Segurança
Compartilhar:

Promotores do MP fazem vistoria no Complexo Penitenciário PB1/PB2, na Paraíba

Da redação com assessoria / 21 de novembro de 2015
Foto: Mano de Carvalho
O Ministério Público realizou na última quarta-feira (18), uma visita ao Presídio Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1/PB2). Na ocasião, estiveram presentes o promotor de Justiça da Tutela Coletiva do Sistema Prisional de João Pessoa do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Ricardo José de Medeiros e  o promotor de Justiça da 1ª Promotoria de Justiça da Execução Penal da Capital, Nilo de Siqueira Costa Filho.

Na ausência dos diretores dessas unidades prisionais, os promotores foram recepcionados pela agente penitenciária Carolina Coutinho, que esclareceu acerca da visita íntima dos presos que ocorria naquele momento, observando que “tudo acontecia com a tranquilidade de praxe e dentro das regras de comportamento ali estabelecidas”.

O Complexo PB1/PB2, segundo dados atualizados, conta atualmente com cerca de 450 apenados em regime fechado, sendo o Pavilhão Alfa 10, com 16 apenados. As visitas íntimas regulares possuem dias estabelecidos, ocorrendo normalmente às quartas-feiras, sendo as visitas familiares, nas sextas-feiras e domingos.

Atualmente, 18 apenados trabalham internamente nas unidades, na cozinha e em serviços gerais, sendo o tempo computado para fins de remição de suas penas.O Complexo conta atualmente com 99agentes penitenciários, distribuídos nos plantões e na parte administrativa, com uma média de 12 agentes por escala de plantão.

Concluída a visita, segundo o promotor Ricardo José, ficaram algumas questões pendentes para esclarecimentos, como a da biblioteca dos apenados que, segundo consta, precisa voltar a funcionar com pleno acesso após a conclusão de uma reforma interna, bem como ainda a necessidade de uma melhor divisão de trabalho e maior número de agentes penitenciários nas atividades internas, assunto que precisa ser discutido com os órgãos estatais responsáveis. Os promotores de Justiça informaram que retornarão em breve para uma visita mais específica, com a presença dos diretores do Complexo.

Relacionadas