segunda, 20 de maio de 2019
Política
Compartilhar:

Vítor Hugo vence e é o novo prefeito eleito de Cabedelo

Nice Almeida / 18 de março de 2019
Foto: Elyka Gomes
O prefeito interino Vítor Hugo (PRB) venceu as eleições suplementares do município de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, e agora passa a ser o prefeito eleito da cidade. Dos 46.448 mil eleitores cabedelenses, 23.169 votaram em Vítor, que venceu com 73,07% dos votos válidos. Ele deve ser diplomado no dia 1º de maio e vai comandar a prefeitura até 2020.

VEJA AQUI A CARTA-PROPOSTA DE VÍTOR HUGO

Também disputaram as eleições os candidatos Eneide Regis (PSD), José Eudes (PTB) e Marcos Patrício (Psol). Eneide teve 6.199 (19,55%) votos, Marcos Patrício recebeu 1.461 (4,61%) sufrágios e Eudes, 878 (2,77%).

Votaram em branco 976 (2,82%) eleitores. Outros 1.914 (5,53%) anularam o voto e 11.851 (25,51%) não compareceram ao local de votação.

Sobre Vítor Hugo



Vítor Hugo Peixoto Castelliano nasceu no Rio de Janeiro no dia 29 de dezembro de 1973. Empresário, casado e com nível superior completo, ele foi eleito em 2016 para vereador de Cabedelo depois de ter ficado na suplência em 2008 e 2012.

Como vereador, foi eleito presidente da Câmara Municipal após o esquema de corrupção desbaratado pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), na Operação Xeque-Mate, que prendeu o então prefeito Leto Viana e cinco vereadores. Outros cinco parlamentares foram afastados do Poder Legislativo Municipal durante a operação.

Após ser eleito presidente, Vítor foi conduzido interinamente à prefeitura onde está desde abril de 2018. No fim do ano, uma manobra política o colocou novamente como presidente da Câmara o levando a ser reconduzido ao cargo de prefeito interino.

A eleição



De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), 138 urnas eletrônicas foram distribuídas em 32 locais de votação. Ao todo, o município possui 138 seções eleitorais. O TRE convocou 552 mesários e 32 técnicos para atuarem no apoio logístico no dia da votação. A geração de mídias e a preparação das urnas teve início na quarta-feira (12), no Núcleo de Voto Informatizado, no bairro do José Américo, em João Pessoa.

Militantes acompanham apuração



Militantes se reuniram em frente ao Fórum de Cabedelo (Foto: Ellyka Gomes)


A militância de Vítor Hugo estava a postos para comemorar a vitória. Logo que terminou o horário da votação, dezenas de apoiadores se reuniram em frente ao Fórum Eleitoral, onde foi colocado um telão, para acompanhar de perto a apuração dos votos. Com o anúncio da eleição de Vítor eles comemoraram.

Operação Xeque-Mate mudou dia a dia do município



Desde o mês de abril do ano passado, quando foi deflagrada a Operação Xeque-Mate, a cidade de Cabedelo passa por um momento turbulento em sua história política. À época, além da prisão do então prefeito Leto Viana e o do afastamento do já falecido vice-prefeito, Flávio Oliveira, o município ainda presenciou a prisão de cinco vereadores e o afastamento de outros cinco. Servidores da prefeitura e da Câmara Municipal também foram alvos da operação, que identificou um suposto esquema responsável por desviar recursos públicos no município.

Renúncia de Leto



Em outubro do ano passado o então prefeito Leto Viana renunciou ao cargo de prefeito. A Justiça Eleitoral então determinou a realização de novas eleições no município. Isso aconteceu porque a renúncia de Leto aconteceu ainda no primeiro biênio de seu mandato. Caso o afastamento em definitivo ocorresse após esse período, a escolha se daria de forma indireta, e o novo prefeito escolhido apenas pelos vereadores.

Relacionadas