domingo, 19 de maio de 2019
Política
Compartilhar:

Vereador Marcos Vinícius anuncia desfiliação do PSDB

Adriana Rodrigues / 26 de janeiro de 2019
Foto: Arquivo Jornal Correio
Com um ano e dois meses de antecedência, o ex-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Marcos Vinícius, anunciou ontem a sua desfiliação do PSDB. Apesar do anúncio antecipado, ele não definiu ainda a qual partido irá se filiar quando deixar oficialmente o ninho tucano no período destinado à janela partidária, para eleições de 2020, que é em março do próximo ano.

“Pretendo deixar o PSDB, vou comunicar no tempo certo.Sou muito grato ao senador Cássio Cunha Lima e tenho como mola individual da Paraíba, mas acho que meu espaço no partido está chegado ao fim. Vou deixar o PSDB, estou procurando um tempo para conversar com o senador e as pessoas mais próximas para decidir que partido eu possa ir”, comentou.

Marcos Vinícius disse que recebeu vários convites de outros partidos, mas ainda não definiu seu futuro na política. “Para onde eu vou, só mais na frente vou definir. Os convites são naturais, todos partidos querem filiar vereadores. Mas no tempo irei avaliar todos os convites”, revelou.

O vereador disse, ainda que não pretende ocupar nenhuma Pasta na gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV), como vinha sendo especulado, e sua intenção é permanecer na CMJP atuando como parlamentar e cumprir a missão que os pessoenses lhe confiaram “O prefeito já fez uma pré-reforma administrativa que ele desejava, mas o meu desejo maior é me manter na Câmara Municipal”, cargumentou Marcos Vinícius.

O presidente do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro, disse, ontem, que só tomou conhecimento que o vereador Marcos Vinícius está deixando o partido pela imprensa. “E não tive a oportunidade de conversar pessoalmente com Marcos. Ele é um quadro valoroso do partido, recentemente, inclusive foi indicado pelo PSDB, fora aos seus méritos foi presidente da à Câmara Municipal de João Pessoa”, comentou.

De acordo com Ruy, a decisão de Marcos Vinícius é de foro íntimo, cabendo a ele apenas respeitar. “Eu reputo sempre essas decisões com de foro íntimo, então não me cabe julgar, me cabe apenas respeitar. Ele teve uma passagem no partido de muito tempo, foi um companheiro correto que contribuiu nas campanhas majoritárias do partido.No período que estive na presidência sempre procurei respeita as posições dos filiados”, declarou.

Ruy ainda revelou que o sigla vem trabalhando em uma estratégia para tentar fortalecer o partido para as eleições de 2020. “Nós temos uma estratégia que tem sido construída para 2020 para reforçar o partido como fizemos em 2016” revelou.

Além de Marcos Vinícius nos bastidores corre a informação de que a qualquer momento o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues também poderá bater asas do ninho tucano, mas o prefeito disse que não há pressa para tratar de questões partidárias, já que nas eleições do próximo ano não vai disputar nenhum cargo. AR

Relacionadas