quarta, 19 de dezembro de 2018
Política
Compartilhar:

Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba comemora seus 73 anos

Adriana Rodrigues / 27 de junho de 2018
Foto: Rafael Passos
O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) realizou no final da tarde de ontem uma programação especial em comemoração aos 73 anos de reinstalação da Justiça Eleitoral na Paraíba. Na ocasião, três ex-integrantes da Corte e dois servidores foram homenageados com comendas.

Durante a solenidade, comandada pelo desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, presidente do TRE-PB, foram outorgadas a Comenda do Mérito Eleitoral de Alta Distinção “Desembargador Flodoardo Lima da Silveira”, maior honraria da Corte Eleitoral paraibana, ao desembargador José Aurélio da Cruz, corregedor-geral do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), ex-presidente do TRE-PB no ano de 2016; a desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, primeira mulher a ocupar o cargo de presidente do TRE-PB de 2016 a 2017. Também foi homenageado com a comenda o defensor público estadual Sylvio Pelico Porto Filho, que compôs a Corte Eleitoral como Juiz membro na categoria de jurista, por dois biênios, e também atuou como Ouvidor Eleitoral.

Também foi outorgada a Comenda do Mérito Eleitoral de Serviço “Juiz Agnelo Amorim Filho” aos servidores do TRE-PB, Charles Elias Ferreira de Oliveira, que presta serviço na Seção de Orientação e Apoio às Zonas Eleitorais (SOAZE) por mais de onze anos, e Josineide Medeiros Almeida, servidora aposentada, que atuou por 16 anos como chefe da 16ª Zona em Campina Grande.

Além da outorga das comendas, o evento contou com a palestra do Professor Renato César Carneiro, sobre “As eleições na Parahyba nos 30 anos de vigência da Constituição Cidadã, apresentando um histórico das eleições do voto de papel, do chamado voto de cabresto, até o advento das urnas eletrônicas.

O desembargador Romero Marcelo da Fonseca falou sobre o papel eclético da Justiça Eleitoral, que tem se fortalecendo ao longo dos anos, como orientador, regulamentador, disciplinador do processo eleitoral e até o de poder de política, quando diz respeito à questão da propaganda eleitoral.

Romero mostrou sua preocupação com atual momento vivenciado pelo País, de fragilização das instituições e do descrédito dos eleitores com classe política. Segundo ele, é preciso que ocorra um levante do povo brasileiro e de todos que integrarem a Justiça Eleitoral para realização de eleições limpas.

Agradecimentos pela honra

O desembargador José Aurélio da Cruz também falou da importância da homenagem prestada pelo TRE, em reconhecimento aos serviços prestados quando integrou a Corte, não só como presidente, mas de vice-presidente e de corregedor. “Exercemos um importante trabalho, realizamos as eleições dentro daquilo que foi programando, entregamos o resultado em tempo recorde e graças a Deus tudo deu certo nas eleições que presidi nesta Corte Eleitoral”, comentou.

A desembargadora Maria das Graças Guedes fez um agradecimento especial aos membros da Corte Eleitoral paraibana.

O defensor público Sylvio Porto, destacou a importância da homenagem e da honra de poder receber tão importante comenda, da qual ele fez parte. “Me sinto muito honrado, porque isso não deixa de ser um reconhecimento ao nosso trabalho, depois da missão cumprida receber uma homenagem como esta é motivo de muito agradecimento a todos que integram a Corte, em especial ao juiz Breno Wanderley, que foi autor da propositura que resultou na aprovação desta homenagem, por unanimidade”, comentou.

Relacionadas