terça, 16 de julho de 2019
Política
Compartilhar:

Tovar admite possibilidade de disputar a Prefeitura de CG

Adriana Rodrigues / 17 de abril de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) está avaliando a possibilidade de ser candidato a prefeito de Campina Grande nas eleições do próximo ano. Ele revelou, nessa terça-feira (16), em entrevista ao programa Correio Debate, da Rádio 98 FM/Correio Sat, que alimenta a vontade de governar sua cidade, mas para isso, além da vontade do povo campinense, precisa ter o apoio dos aliados político.

“Ninguém é candidato de si próprio. Eu só posso ser candidato se a voz vier das ruas e chegar às lideranças do meu grupo político”, comentou.

De acordo com o parlamentar, apesar de ter esse desejo, é preciso fazer o diálogo com a cidade, adiantando que só aceitará o desafio após uma discussão com diversos setores produtivos, para que possa avançar. Segundo ele, este esse ano, pré-eleitoral, está servindo como um laboratório para a possível candidatura e para tomar uma decisão no tempo certo.

“É preciso que nós façamos a discussão de alto plano com todos os setores produtivos da cidade para que a gente possa avançar. Isso eu estou fazendo durante esse ano inteiro laboratório para que ano que vem a gente possa tomar essa decisão”, revelou.

Tovar destacou, ainda, que caso a população aponte o seu nome e consiga incorporar a tese dele ser o sucessor do atual prefeito Romero Rodrigues, com o apoio de próprio Romero e de lideranças de seu grupo político, a exemplo do ex-senador Cássio Cunha Lima, ele pretende sim colocar seu nome na disputa. “Eu só sou candidato a prefeito em Campina se a voz vier das ruas para chegar às lideranças. E se por um acaso a cidade não me entender como candidato, não incorporar a tese de que eu serei o sucessor do prefeito Romero Rodrigues eu não me sentirei preterido” declarou.

Mudança. O deputado também falou sobre a possibilidade de deixar o PSDB, caso o partido não mude de postura e não se renove. Ele revelou que está disposto, inclusive, a acompanhar Romero Rodrigues, que tem sinalizado que deixará o ninho tucano.

“Essa discussão de Romero deixar o partido é verídica. Ele próprio tem dito isso. É uma decisão muito complicada ainda, porque a posição que Romero tomar eu poderei acompanhar, mas para isto é preciso uma ampla discussão. Esse passo em relação ao partido é muito importante para mim”, comentou.

De acordo com Tovar, Romero Rodrigues tem um jeito peculiar de tomar decisões e não faz nada de forma abrupta. Tudo ainda está sendo discutido e não se sabe ainda se o prefeito de Campina sairá realmente do partido. “Para essa decisão ser tomada, de saída do partido, se é que ele vai fazer realmente, ele está mastigando muito para digerir, discutindo com Cássio, já falou isso comigo, com todas as lideranças, então ainda nem houve o convite para acompanhá-lo, porque prefeito Romero ainda não tomou a decisão, concreta, real, com dia, data e hora e o partido qual vai ingressar”, afirmou o deputado.

 

Relacionadas