domingo, 09 de maio de 2021

Política
Compartilhar:

Setenta candidatos estão liberados para disputa das Eleições 2018

Adriana Rodrigues / 25 de agosto de 2018
Foto: Arquivo
Faltando 24 dias para o fim do prazo para julgamento de pedidos de registros, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) analisou e liberou apenas 70 candidaturas. Conforme dados disponibilizados pelo sistema de estatísticas das Eleições 2018, dos 606 postulantes que formularam pedidos de registros à Justiça Eleitoral para concorrer ao pleito deste ano, dois desistiram da disputa.

Apresentaram pedidos de renúncia, o ex-vereador de João Pessoa, Marco Antônio Cartaxo Queiroga, que iria concorrer a uma vaga de deputado federal pelo PV, e a suplente de vereadora de Cabedelo, Crimilde Magliano, que pleiteava uma vaga de deputada estadual.

Dentre os 70 que tiveram registros deferidos, além dos integrantes da chapa majoritária do Psol, encabeçada pelo candidato Tárcio Teixeira, e da proporcional, que conta com oito candidaturas a deputado federal e 10 a estadual, também foram aprovados os registros de dois candidatos a deputado estadual pelo Pros, e mais um pelo Avante e de todos os 49 candidatos a deputado estadual da coligação ‘A Força do Trabalho IV’.

Os demais registros estão em tramitação e à medida que a análise forem sendo concluídas serão julgados, de forma monocráticas ou pela Corte Eleitoral, em caso de pedidos de impugnação ou algum tipo de pendência documental.

Mais de 50 ameaçados

Até o final da tarde de ontem, conforme levantamento divulgado pela Coordenadoria de Registro e Informações Processuais do TRE-PB, foram registrados 53 pedidos de impugnações contra candidatos que estão na disputa eleitoral deste ano no Estado.

A maioria dos pedidos de impugnações, de autoria do Ministério Público Eleitoral, é motivada pela Lei da Ficha Limpa, por inelegibilidade, mas também há casos da falta de outros requisitos legais para o registro de candidaturas, como quitação eleitoral, não comprovação de desincompatibilização de cargos públicos.

As novidades na lista ficaram por conta da vereadora e presidente da Câmara de Campina Grande, Ivonete Ludgério (PSD), que concorre a uma vaga de deputada federal pela coligação ‘A Força da Esperança III’; e do candidato a deputado estadual Gustavo Wanderley (PSDB), pela coligação ‘Força da Esperança II’, que é irmão do prefeito afastado de Patos, Dinaldo Wanderley Filho (PSDB).

Os pedidos de impugnação estão em fase de tramitação, para a devida apresentação da defesa pelos impugnados, e depois serão julgados pela Corte Eleitoral, cumprindo todos os trâmites legais, do direito ao contraditório e a ampla defesa. A previsão é que todos sejam julgados pelo TRE-PB até 17 de setembro.

Relacionadas