sábado, 08 de maio de 2021

Política
Compartilhar:

Roberto Paulino é cotado para disputar o Senado Federal

Adelson Barbosa dos Santos / 19 de julho de 2018
Foto: Assuero Lima
Ex-governador da Paraíba, Roberto Paulino admitiu, ontem, a possibilidade de ingressar na disputa por uma vaga ao Senado pelo MDB. Ele disse que torce para que a legenda forme uma coligação e que os partidos a serem agregados indiquem os candidatos ao Senado. “Minha prioridade é a vitória de Raniery (seu filho) para deputado estadual”, disse, acrescentando: “Mas se o MDB precisar de um candidato com a ficha limpa para o Senado, eu estou à disposição”.

Paulino declarou que nada está definido e que seu nome pode figurar na chapa encabeçada pelo senador José Maranhão para o Governo do Estado, caso seja necessário. A dois dias do início das convenções partidárias para confirmação de chapas, os principais pré-candidatos ao Governo não têm chapas fechadas para o Senado.

O PSDB tem nome definido para governador- Lucélio Cartaxo (PV) e apenas o nome do senador Cássio Cunha Lima para disputar a reeleição. O PSB já fechou questão em torno do nome de João Azevedo para governador e tem apenas um pré-candidato ao Senado: Veneziano Vital do Rêgo. Ontem, o MDB acenou com a possibilidade de Roberto Paulino ser lançado na disputa pelo Senado. O PDT da vice-governadora Lígia Feliciano, e PSTU ainda não anunciaram qualquer nome para vice e para o Senado.

O PC do B terá Gregória Benário como candidata a senadora, assim como o Progressistas e o PSC terão a deputada Daniella Ribeiro e o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior. No entanto, estes partidos ainda não decidiram com quais nomes marcharão na disputa pelo Governo do Estado.

O Progressistas acena para a possibilidade de compor com o PSB, mesmo partido que está na mira do PC do B. Até ontem, apenas o Psol tinha a chapa completamente formada, com Tárcio Teixeira para governador; Adjany Simplício, para vice; e Nelson Júnior e Nivaldo Mangueira para a disputa pelo Senado.

Relacionadas