quarta, 20 de janeiro de 2021

Política
Compartilhar:

Ricardo Coutinho quer vender prédios públicos

André Gomes / 06 de março de 2017
Foto: Nalva Figueiredo
Já tramita na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) um projeto de Lei encaminhado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) que pede autorização da Casa Legislativa para vender dois prédios de propriedade do Estado da Paraíba. Um deles é o prédio do antigo Paraiban, localizado na avenida Epitácio Pessoa, na Capital paraibana, e o outro é um prédio que fica localizado em Brasília.

De acordo com o projeto, a venda ocorrerá mediante licitação e com valor de acordo com o mercado, estabelecido em avaliação feita pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento da Paraíba (Suplan) ou pela Caixa Econômica Federal.

“Ambos imóveis são antigos e estão necessitando de reformas urgentes que demandam considerável aporte de recursos. Além disso, depois de eventuais reformas, vultuosos recursos públicos terão que ser destinados para manter esse imóveis”, justificou o governador na mensagem enviada a Assembleia.

Conforme a mensagem do governador, os recursos oriundos da venda serão empregados “em favor da população paraibana”. Ele reforçou que a Paraíba, além de eliminar os custos necessários à reparação e manutenção dos prédios, obterá recursos para serem investidos em diversas áreas.

O governador destacou que tão logo as alienações sejam autorizadas pelos deputados estaduais, será feita uma atualização das avaliações dos imóveis, com base em laudos de avaliações realizados pela Suplan ou pela Caixa Econômica Federal.

“Considerando não haver qualquer perspectiva de utilização para esses bens por parte do Estado da Paraíba, a proposta de venda desses imóveis é medida que se mostra aconselhável”, destacou Ricardo na mensagem.

O prédio do antigo Paraiban chegou a ser cedido pelo governo para a Assembleia Legislativa, onde iria ser instalada a nova sede do Legislativo Estadual, mas a atual presidência voltou atrás e devolveu o prédio ao Estado.

Relacionadas