sexta, 26 de fevereiro de 2021

Política
Compartilhar:

Raíssa Lacerda fala em falta de lealdade de Cartaxo

Gabriel Botto / 30 de agosto de 2017
Foto: Reprodução
Depois de mais um fim de semana de andanças pelo estado do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), a vereadora aliada Raíssa Lacerda se queixou de uma possível “falta de lealdade” por parte do prefeito.

“O prefeito Luciano Cartaxo foi até o reduto eleitoral de minha família, mas optou por andar com nossos opositores e isso foi encarado por nós como um ato desleal. Eu não fui convidada pelo prefeito nem meu pai”, disse a vereadora Raíssa Lacerda, em entrevista à Rádio Correio SAT/98FM.

Na ocasião, Luciano Cartaxo participou de um encontro com lideranças políticas do interior do estado, mais precisamente na cidade de São José de Piranhas, principal reduto eleitoral do ex-deputado José Lacerda Neto, pai da vereadora Raíssa Lacerda, o que de fato causou desconforto entre os aliados.

Raíssa disse que não existe mágoa, mas ressaltou que teria sido melhor que o prefeito tivesse antes consultado os aliados, antes de mais um fim de semana de caravana pelo estado.

“Ele (Cartaxo) tem direito de transitar por onde quiser. Não existe mágoa, mas acredito que lealdade se paga com lealdade. A lógica seria perguntar à vereadora Raíssa Lacerda, pois lá temos várias lideranças políticas em um conjunto de cidades nas redondezas de São José de Piranhas, inclusive o vice-prefeito da cidade, que é meu primo legítimo, que poderiam dar suporte e estarem presentes nessa caravana, porém o prefeito preferiu estar ao lado do grupo que derrotamos em 2016”, relatou a vereadora Raíssa Lacerda.

A vereadora também teceu algumas críticas pontuais à gestão municipal do prefeito Luciano Cartaxo, afirmando que é aliada, mas não pode fechar os olhos para alguns erros praticados.

“Temos problemas na saúde, é só andar pela cidade, pelas comunidades, faltam médicos, dentistas e medicamentos, coisas que não podemos fechar os olhos. Não é porque sou aliada que não deva expor esses defeitos pontuais”, disse Raíssa Lacerda.

Relacionadas