sexta, 21 de setembro de 2018
Política
Compartilhar:

Quase nove milhões já foram gastos em campanha na Paraíba

Damásio Dias e Alexandre Freire / 15 de setembro de 2018
Foto: Reprodução
Os cinco candidatos a governador da Paraíba informaram despesas num valor total que supera os R$ 8,5 milhões nos primeiros 25 dias de campanha eleitoral. O montante corresponde a um gasto médio diário de R$ 340,7 mil. Os dados foram divulgados nessa sexta-feira (13) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Quem mais contratou na campanha deste ano foi o candidato José Maranhão (MDB), num total de R$ 3.455.710,36. A principal despesa foi com serviços prestados por terceiros, de R$ 2.292.212,16 (66,33% do montante contratado).

João Azevêdo (PSB), contratou despesas totais de R$ 3,37 milhões. Seu principal gasto, segundo o que foi informado à Justiça Eleitoral, foi com a produção de programas de rádio, televisão ou vídeo, R$ 1.550.000.

O candidato Lucélio Cartaxo (PV) registrou despesas contratadas de R$ 1.679.575,60. O maior custo também foi com a produção de programas de rádio, televisão ou vídeo, de R$ 970 mil (57,75% do contratado).

Com campanha mais modesta o candidato Tárcio Teixeira (Psol) declarou despesas de R$ 2.737,76. O principal custo foi com publicidade impressa, R$ 1.900,00 (69,4% do total).

O mesmo aconteceu com Rama Dantas (PSTU), que informou contratos de R$ 997,16 para a sua campanha ao Governo da Paraíba. Nesse montante, R$ 990,00 (99,28%) foi gasto com material impresso.

Receita

Apesar da contratação de serviços e outras despesas que superam os R$ 8,5 milhões, os candidatos a governador da Paraíba informaram dispor de R$ 7.138.819,19 para fazer frente aos custos da campanha eleitoral deste ano.

A diferença de R$ 1,37 milhão a menos. Isso significa que, além de votos, os candidatos ou equipes de campanhas terão de correr atrás de recursos para fechar as contas no final da disputa pelo cargo político mais importante do Estado.

Quem mais arrecadou até o momento foi o candidato João Azevêdo (R$ 3.169.740). Depois vêm José Maranhão (R$ 2.925.000), Lucélio Cartaxo (R$ 1.026.903,12), Tárcio Teixeira (R$ 16.151,07) e Rama Dantas (R$ 1.025).

Este ano, cada candidato ao Governo da Paraíba pode gastar até R$ 5,6 milhões no primeiro turno. De acordo com a Legislação Eleitoral, a prestação de contas parcial deve discriminar os recursos repassados pelo Fundo Partidário, Fundo Especial, doações virtuais e pagamentos às mídias sociais para impulsionamento de propagandas oficiais na internet.

Relacionadas