quarta, 23 de setembro de 2020

Política
Compartilhar:

Prefeitos eleitos de Cabedelo e Monteiro falam dos desafios do mandato

Rammom Monte / 26 de outubro de 2016
Foto: Assuero Lima
Os prefeitos eleitos de Monteiro, Lorena de Dr. Chico (PSDB), e Cabedelo, Leto Viana (PRP), foram os entrevistados desta quarta-feira (26) no programa Correio Debate, da rádio 98 FM/ Correio Sat. Eleita com quase 11.400 votos, Lorena vai ser prefeita pela primeira vez e falou dos desafios que espera encontrar a frente do município que fica no Cariri paraibano.

“Com certeza enfrentar a crise que o país vem passando. A gente sabe que vem sendo discuto desde lá de cima. É preciso queimar as gorduras, eliminar os gastos. O primeiro grande desafio vai ser este. Mas a política passou, para quem for só político, que só sabe fazer política, o desafio vai ser ainda maior. Vamos dar continuidade no que vem sido feito e inovar na nossa cidade, principalmente no campo esportivo e no abastecimento de água”, disse.

Lorena, que já foi secretária de assistência social e de saúde nos governos de atual prefeita Edna Henrique (PSDB), falou também da relação com o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, a qual ela classificou como complicada.

“A gente sofre muito lá na nossa cidade. Passei pela Câmara Municipal por dois meses, onde bati muito, cobrei muito, porque Monteiro foi tirada do mapa da Paraíba. Foi retirado, por parte do governador do estado, o escritório da Cagepa, a Casa da Cidadania, os Jogos Escolares da região. Além do abandono das escolas estaduais que por ali estão, fora o não compromisso em relação à saúde publica. Não temos os repasses das contrapartidas e por isto estamos fadados a ter um serviço de má qualidade porque os recursos estão escassos. Nós cumprimos o nosso dever. Cadê a contrapartida do estado fazendo sua parte? A gente pede a sensibilidade do governador, porque ele também ta passando por esta situação, em relação ao governo federal. É bem complicada, mas a gente suplica e espera que isto seja resolvido”, concluiu.

Prefeito eleito de Cabedelo também fala de desafio econômico

al-roberto-e-pref-leto-de-cabedelo-asl_4749-13

Reeleito com 15.901 votos, Leto Viana também tratou a questão financeira como um desafio para o seu segundo mandato a frente de Cabedelo. Para ele, é preciso ter o controle do orçamento.

“Temos que ter o controle da despesa e receita, escolher uma prioridade de investimento em cada bairro. Fomos em Brasília agora fazer uma articulação, para dar a continuidade da nossa administração. Com os recursos atuais, uma das melhores formas para investimentos é através de parcerias público-privadas”, disse.

Leto também anunciou uma novidade para a população de Cabedelo. Segundo ele, nesta terça-feira (25), a Câmara aprovou a implantação de 112 novas paradas de ônibus, através de uma parceria público-privada.

Relacionadas