terça, 02 de março de 2021

Política
Compartilhar:

Prefeito explica desistência de construção do presídio em Bayeux e faz balanço da gestão

Francisco Varela Neto / 26 de junho de 2017
Foto: Assuero Lima
O prefeito da cidade de Bayeux, Berg Lima (PTN), atribuiu a questões técnicas e a opinião da população a não construção do presídio federal na cidade.  Mesmo com os requisitos exigidos que são atendidos pela cidade como proximidade com aeroporto, fácil lotação de servidores, fácil logística de escoamento e recepção de presos de outras localidades e baixa solução de engenharia para a construção da unidade, o prefeito decidiu não autorizar a instalação, mas disse que pretende viabilizar outros projetos para Bayeux.

“Desde o início da procura da comissão do DEPEN (Departamento Penitenciário Nacional) vinculada ao Ministério da Justiça, que realmente queriam Bayeux como alternativa para instalação daquela unidade. Mas ouvindo a população, vendo as questões técnicas, decidimos que não seria viável a instalação daquela unidade aqui no município de Bayeux. Nós queremos agora viabilizar outros projetos para a cidade sabendo que Bayeux é uma cidade importante na região metropolitana”, explicou o prefeito.

Balanço da gestão   

De acordo com Berg Lima, nesses primeiros seis meses de gestão à frente da prefeitura de Bayeux, as dificuldades encontradas foram muitas, no entanto segundo ele, já é possível observar mudanças a exemplo da área da saúde.

“Nesses seis meses enfrentamos muitas dificuldades, mas temos resultados positivos, por exemplo, na saúde. Nós temos hoje um materno infantil que foi totalmente revitalizado saindo de oito leitos para vinte e quatro, tendo cerca de trezentos partos já nesse início de ano, temos a UPA também com os serviços garantindo o serviço humanizado a população”, afirmou.

E acrescentou também às melhorias, os projetos sociais.  “O projeto escola do futuro, assistência social com o restaurante popular, com os CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) revitalizados, com a casa de acolhida, pagando os servidores em dia mesmo com toda esta crise financeira que o país e o município de Bayeux vêm atravessando, ou seja, mesmo com tantas dificuldades, conseguimos superar dia após dia a gestão municipal em Bayeux”, finalizou o prefeito.


Relacionadas