terça, 17 de outubro de 2017
Política
Compartilhar:

Partidos correm contra o tempo para aproveitar ‘janela’ e atrair filiados

Adriana Rodrigues / 14 de março de 2016
Foto: Ilustração
A menos de uma semana do fim do prazo da “janela partidária” para detentores de mandatos parlamentares deixarem as legendas para se filiarem em outras sem cometerem infidelidade, os dirigentes dos principais partidos na Paraíba se movimentam, trançam estratégias para não perder filiados até o próximo dia 19 e para atrair novos filiados até o início de abril.

As articulações políticas são as mais diversas, porém, a maioria prefere não revê-lar e prometem apresentar os resultados à medida que as filiações se concretizarem, no decorrer das próximas semanas, até o prazo final para as filiações, que é em 2 de abril. Tudo isso, graças à chamada “janela partidária”, criada pela Emenda Constitucional 91/2016 e a própria minirreforma eleitoral que reduziu de um ano para seis meses o prazo mínimo de filiação partidária com fins eleitorais.

Quem está muito otimista com a abertura da “Janela Partidária” é o presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas. Segundo ele, com as novas regras para filiação a sigla ganhou bem mais do que perdeu e deverá ganhar muito mais até o dia 2 de abril. O socialista revelou que até agora já ganhou mais de 90. Rosas disse, ainda, que nó próximo dia  2 deverá realizar um grande evento em João Pessoa para apresentar as novas lideranças que ingressaram no sigla.

“O PSB vai para disputa eleitoral deste ano ainda mais fortalecido. Recebeu reforço de deputados, vereadores, prefeitos que já entram como pré-candidatos ao pleito”, disse Edvaldo Rosas.

O senador José Maranhão, presidente do PMDB da Paraíba, assegurou que o partido vem recebendo várias adesões em todo o Estado e se preparando para lançar o maior número de candidaturas a prefeito e a vereador. Ele ressaltou, que o propósito da legenda é lançar candidato próprio na maioria dos municípios, e onde não houver condições, se coligar com outras legenda, indicado nome do vice.

“O objetivo do PMDB se manter como o maior partido do Brasil e da Paraíba. As baixas que tivemos já estão sendo superadas, com o ingresso de outras lideranças à legenda. O PMDB segue se fortalecendo para as eleições deste ano, realizando eventos em todo Estado, onde além das lideranças, estamos recebendo um  grande número de filiados e simpatizantes”, declarou.

Continuação do trabalho

O presidente do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro, disse que vem dando continuidade ao trabalho iniciado no ano passado e já conseguiu filiar muita gente ao partido e deverá sair com um saldo de mais de 60 novos filiados. Segundo ele, os números de filiações em todo Estado só poderão ser divulgados em abril, após o fechamento do cadastro de filiados. Mas, afirmou, que o PSDB vem crescendo em todo Estado, conseguindo filiar pretensos candidatos a prefeitos, a vice-prefeito e a vereadores.

“Estamos finalizando os contatos, mas teremos um mês de muito trabalho. O trabalho já estava praticamente feito. Com essa alteração nos prazos tivemos que prorrogar nossas ações e intensificar os contatos com as lideranças. É tanto que ganhamos mais do que perdemos”, ressaltou.

Presidente do PSD, deputado federal Rômulo Gouveia, revelou que está organizando um grande evento para o próximo dia 2 de abril, na Asplan (Associação dos Plantadores de Cana-de-açúcar), em João Pessoa, para apresentar novas filiações ao partido. De acordo com o parlamentar, os contatos estão sendo constante, seguindo o ritmo do segundo semestre de 2015, quando o partido intensificou a captação de filiados.

Além disso, considerou a “Janela Partidária” algo muito importante para oportunizar os que não estão satisfeitos em suas siglas, ficarem livres para trocar de legenda, sem esbarrar na prática de infidelidade partidária, que poderia resultar na perda do mandato.

“Para nós vem sendo tudo normal, porque já vínhamos trabalhando, independente da Janela. O PSD sempre teve janela, independente de qualquer coisa. No PSD a Janela não influenciou muito, porque já vínhamos trabalhando em cima das filiações desde o ano passado. É importante para que cada um possa escolher sua opção sem está amarrado”, enfatizou.

O presidente do PT na Paraíba e pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Charliton Machado, explicou que os critérios de filiações da legenda são bem mais rigorosos, já que o PT vem buscando atrair pessoas ligadas aos movimentos sociais, sindicais, de gêneros e lideranças que possam participar das chapas proporcionais e majoritárias que serão lançadas pelo partido nas eleições deste ano.

O petista revelou que vai fazer um grande evento, em abril, para apresentar os novos filiados do partido e que vão participar das chapas que vão disputar o pleito, pois os critérios para filiação ao PT são muito rigorosos, começando pelo compromisso com as lutas da sigla e do projeto político que está no comando do País.

“Nossas chapas serão as mais ecléticas e competitivas da disputa eleitoral. Porque estamos filiando ao partido companheiros que têm compromissos e vem de movimentos sociais, sindicais ou de gêneros”, informou.

Medida Casuística

O vice-prefeito de João Pessoa e presidente do PPS na Paraíba, Nonato Bandeira, disse que a estratégia nesta reta final das filiações é continuar ampliando as representações do partido com qualidade e compromisso. Ele ressaltou que a sigla está presente em 130 municípios e já conta com 18 pré-candidatos a prefeito.

De acordo com Bandeira, a “Janela Partidária” não trará nem benefícios, nem prejuízos para o PPS, que, conforme ressaltou, se antecipou a essa janela, classificada por ele como um casuísmo produzido pelo Congresso Nacional. Ele disse, também, que só terá um quadro de filiações depois do dia 2 de abril, quando se encerra o prazo.

Nonato disse que para intensificar a campanha de filiações, deflagrada em todo Estado desde o ano passado, está fazendo uma série de eventos nos próprios municípios e alguns congressos. “Nós tempos sido muito procurados porque trabalhamos com a questão da autonomia e independência política dos grandes grupos que comandam os partidos no Estado”, contou.

Alterações em todos partidos

O ex-senador Wilson Santiago, presidente do PTB na Paraíba, disse que o partido está indo muito bem nesta reta final da campanha de filiações partidárias e deverá anunciar o número de novas lideranças após 2 de abril.

Santiago revelou que nesta reta final o PTB deverá receber vários detentores de mandatos parlamentar, que foram beneficiados com a “Janela Partidária”, e até perder alguns. Mas, que só irá anunciar os nomes e a quantidade das lideranças, quando o processo for finalizado. “Não é bom divulgar nada agora, porque causa especulações e assédio em cima dos que estão para vir para o partido. Por isso, vamos continuar trabalhando em busca de filiações”, afirmou.

O presidente do DEM, Efraim Morais, disse que a “Janela Partidária” não alterou o trabalho que vinha sendo realizado pela legenda em todo o Estado, em busca de novas filiações e para reforçar o quadro de pré-candidatos. De acordo com Efraim Morias, é grande a expectativa dos dirigentes de partido, em relação as decisões de última hora, porque muita gente deverá trocar de legenda.

“Só teremos uma posição no final. Até lá, vamos continuar trabalhando e fazendo nossa parte, sempre abertos ao ingresso de novas lideranças, que venha para fortalecer e com potencial para disputar o pleito”, declarou o Democrata.

No PP, o trabalho de articulação política para o ingresso de novas lideranças vem sendo realizado pelo presidente da sigla no Estado, Enivaldo Ribeiro, e pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro, líder do PP na Câmara, que têm procurado aumentar o número de filiados à legenda, buscando tornar o PP uma agremiação forte, capaz de repercutir o seu poder de influência.

De acordo com Enivaldo, o PP deverá disputar importantes prefeituras municipais, trazendo nomes de peso com poder de sugestionar positivamente o eleitorado na hora do voto. “É o caso do deputado estadual José Aldemir, cujo nome tem grande repercussão no sertão e que vem sendo preparado para disputar a prefeitura de Cajazeiras. A receptividade a José Aldemir tem superado expectativas”, comentou.

Relacionadas