quarta, 26 de junho de 2019
Política
Compartilhar:

Parlamentares eleitos tomam posse e definem presidentes

Beto Pessoa / 01 de fevereiro de 2019
Foto: Assuero Lima
Os novos representantes dos paraibanos serão empossados hoje, tanto na Assembleia Legislativa (ALPB), quanto na Câmara dos Deputados e Senado Federal. É hoje também a votação das Mesas Diretoras que comandarão as Casas legislativas, que tanto a nível estadual quanto nacional já começam com novos ares.

Uma das novidades é o maior volume de mulheres preenchendo esses espaços. Daniella Ribeiro (PP), primeira mulher eleita senadora pela Paraíba; Edna Henrique (PSDB), quebra o jejum e volta a representar uma força feminina na bancada paraibana da Câmara; e no legislativo estadual, salta de duas para cinco as mulheres eleitas: Cida Ramos (PSB), Estela Bezerra (PSB), Camila Toscano (PSDB), Pollyana Dutra (PSB) e Dra. Paula (PP).

No Estado, a disputa da presidência da ALPB deve ser a principal pauta do dia. Adriano Galdino (PSB) é cotado como certo para o comando do primeiro biênio, já que, agradando ‘gregos e troianos’, parece ser consenso tanto na base governista quanto oposicionista. O presidente do segundo biênio, entretanto, ainda pode render discussões acaloradas durante o dia de hoje.

Hervázio Bezerra (PSB), líder do governo na última legislatura, é o candidato do governador João Azevêdo (PSB). Ele, porém, não terá uma votação tão confortável, já que, mesmo fazendo parte de uma base forte e com maioria absoluta de deputados, não é nome bem visto por maior parte da oposição e por alguns parlamentares de situação.

A disputa fica ainda mais acirrada porque Tião Gomes (Avante), que também é da base governista, não deu braço a torcer e segue colocando sua candidatura na disputa pela presidência da Mesa. O nome dele é defendido por alguns parlamentares porque significaria, apesar de situacionista, uma formação de Mesa levemente eclética, já que sua sigla seria outra que não a do governador.

Neste cabo de guerra, Tião Gomes tem apreço de boa parte dos oposicionistas e poderia conseguir alguns votos da base governista, uma vez que a votação é secreta. O núcleo duro socialista, entretanto, já sinalizou que não abrirá mão de uma mesa ‘pura’, com presidentes do PSB nos dois biênios, reforçando que o dia de hoje tende a ser marcado por muitas negociações. Dos 36 deputados eleitos, 21 estão renovando o mandato e 15 são novatos.

Câmara Federal. Rodrigo Maia (DEM), que tem apoio de 14 partidos, deve ser reeleito presidente, ao que tudo indica com apoio de maior parte dos deputados paraibanos. Se os parlamentares daqui seguirem a direção nacional das suas legendas, pelo menos sete votos estão garantidos: Wellington Roberto (PR), Hugo (PRB), Pedro Cunha Lima (PSDB), Edna Henrique (PSDB), Ruy Carneiro (PSDB), Efraim Filho (DEM) e Julian Lemos (PSL). A renovação foi maior que a do legislativo estadual.

Relacionadas