segunda, 21 de setembro de 2020

Política
Compartilhar:

Novela da Record inspira ex-prefeito que faz as pazes com adversário em Ingá

Adelson Barbosa dos Santos / 26 de setembro de 2015
Foto: Arquivo
Inspirado na novela “Os Dez Mandamentos”, da Rede Record de Televisão, o ex-prefeito de Ingá, Antônio Burity (PSB), fez as pazes com o prefeito Manoel da Lenha (PSD) e vão marchar juntos nas eleições de 2016. Quem garante é o próprio Antônio Burity, 82 anos, que não perde um só capítulo da novela baseada na história de dois líderes políticos e religiosos do Egito antigo: Moisés (líder do povo hebreu) e Ramsés (o faraó).

“Eu assisto à novela todos os dias e vejo o sofrimento causado ao povo por Moisés e Ramsés, numa briga de comadres. Moisés quer libertar o povo e Ramsés não deixa. O tempo vai passando e o povo sofre cada vez mais. Pensando naquela situação, comparei com o Egito com o município de Ingá, onde três lideranças políticas brigam entre si e o povo é quem sofre”, disse Antônio Burity. As três lideranças, além dele, são o prefeito Manoel da Lenha e o ex-prefeito conhecido como Lula de Ingá.

Pelo bem do povo, Burity disse que resolveu deixar de lado a briga de comadres existente entre ele e o prefeito Manoel da Lenha, de quem era adversário histórico. “Resolvemos deixar a briga de lado, estamos desconhecendo as brigas políticas e estamos nos aliando em benefício da unificação de Ingá”, declarou Antônio Burity. Segundo ele, a união com Manoel da Lenha amenizará a crise política de hoje.

Ele disse que resolveu se aliar a Manoel da Lenha depois que o ex-prefeito Lula tentou escanteá-lo do grupo de oposição, fracionando ainda mais a política local. Burity disse que informou ao governador Ricardo Coutinho sua decisão de se juntar a Manoel da Lenha. Segundo ele, o governador apoiou e deu o aval para que o PSB, presidido por Burity no município caminhe no esquema do prefeito.

Irmão do ex-governador Tarcísio Burity, Antônio Burity foi prefeito de Ingá por três vezes e sempre teve Vavá da Lenha  como adversário. Nas últimas eleições, os dois voltaram a se enfrentar numa disputa que também  tinha o então prefeito Lula. Vavá levou a melhor e, agora, ganha um reforço para sua pretensão de continuar na Prefeitura por mais quatro anos, a partir de janeiro de 2017.

Relacionadas