terça, 25 de setembro de 2018
Política
Compartilhar:

Manoel Júnior não acredita em apoio de José Maranhão ao PSB de Ricardo

Francisco Varela Neto / 04 de setembro de 2017
Foto: Reprodução
O prefeito em exercício de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), que assumiu interinamente  a prefeitura nesta segunda-feira (4), em decorrência de uma viagem do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), afirmou que não contabiliza a possibilidade de o líder de seu partido, o senador José Maranhão, dar algum tipo de apoio político ao governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB). De acordo com Manoel Júnior, Maranhão é o político que mais sofreu traição por parte de Ricardo Coutinho.

"Eu não contabilizo essa possibilidade porque eu tenho certeza que Maranhão, dos políticos paraibanos, é o que mais sofreu traição por parte de Ricardo Coutinho. Então não acredito que ele cometa este desatino novamente", disse Manoel Júnior em entrevista ao programa Correio Debate da rádio 98 FM/Correio Sat.

Segundo ele, a posição do PMDB é clara no sentido de que vai ter uma candidatura própria e não vai aceitar qualquer tipo de 'coadjuvância' em relação ao PSB do governador Ricardo Coutinho.

"Tenho certeza absoluta que a posição do senador Maranhão é extremamente clara. O PMDB se coloca na condição de ter candidatura própria, mas no momento que se afunilar o processo eleitoral em 2018, estaremos juntamente discutindo e vendo quem é o melhor nome para a disputa do governo do estado", afirmou.

Solenidade para posse do vice-prefeito

Com a viagem de Cartaxo, o vice-prefeito, Manoel Junior, assumiu interinamente o comando da Capital por uma semana, pela terceira vez, em apenas oito meses de gestão. Cartaxo vai a Washington (EUA) para reuniões técnicas com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e para participar de um encontro internacional de prefeitos.

A transmissão do cargo se deu na manhã desta segunda-feira, logo após a solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da Casa Mãe Bebê, serviço de apoio anexo à Maternidade Cândida Vargas, onde poderão ficar abrigadas mães de recém-nascidos internados por longos períodos.

Na solenidade, Manoel Junior salientou as vantagens da aliança com o prefeito, feita com base em compromissos programáticos. “A base dessa aliança é a nossa responsabilidade com o futuro de João Pessoa e o compromisso com transformações profundas na vida das pessoas. Nós somos mais do que um partido da base do governo municipal, somos parte da própria gestão, porque é uma administração compartilhada, que estamos construindo juntos, com diálogo, entendimento e respeito”, acrescentou, reafirmando: “Em João Pessoa, o PMDB é protagonista, não coadjuvante. Governamos juntos para alcançar cada vez mais resultados”, disse.




 

Relacionadas