sábado, 28 de novembro de 2020

Política
Compartilhar:

Lula classifica como ‘pirotecnia’ condução coercitiva para depor na Lava Jato

Rammom Monte / 04 de março de 2016
Foto: Divulgação
O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou em pronunciamento na tarde desta sexta-feira (4), na sede do Partidos dos Trabalhadores, que o país vive um “processo em que a pirotecnia vale mais do que qualquer coisa”. O pronunciamento foi feito após Lula ter prestado depoimento na Polícia Federal em mais uma etapa do Operação Lava Jato.

"Lamentavelmente, eu acho que estamos vivendo um processo em que a pirotecnia vale mais do que qualquer coisa. O que vale mais é o show midiático do que a apuração séria, responsável, que deve ser feita pela Justiça, pela polícia, pelo Ministério Público", afirmou o ex-presidente.

Lula afirmou ainda que não havia a necessidade da condução coercitiva para o depoimento. Segundo ele, todas as vezes que foi convocado para depor, ele se fez presente.

“Se o juiz Moro ou o Ministério Público quisesse me ouvir, era só ter mandado um ofício, que eu iria, porque não devo e não temo”, disse.

Ele acabou a fala convocando os companheiros de partido e afirmando que não vai recuar. “Eles acenderam em mim a chama e a luta continua”, finalizou, sendo ovacionado pelos presentes.

Relacionadas