quarta, 17 de julho de 2019
Política
Compartilhar:

Lucas de Brito quer eleger presidentes em 23 diretórios do PSL na Paraíba

Gabriel Botto / 19 de setembro de 2017
Foto: Assuero Lima
O vereador Lucas de Brito (PSL) rebateu as críticas do ex-companheiro de partido, Tião Gomes, revelando uma desorganização partidária. Ele disse que a mudança no diretório estadual da legenda é um recado da nova política, que aposta na juventude.

“Esse debate não é casuísta ele acontece de forma nacional esse é o quinto estado do nordeste a ser livre, uma espécie de recado de nova política apostando na juventude. Não é feio defender o liberalismo, o feio é ficar em cima do muro. Agora o PSL, como livres, vai discutir o estado que precisa ser rediscutindo”, disse o vereador Lucas de Brito.

O vereador disse que tentará compor os diretórios, para assim, poder realizar as eleições do partido. São necessários 23 diretórios. Segundo o vereador, o deputado Tião Gomes era o responsável por transformar as comissões provisórias em diretórios, mas não fez, por estar “tudo sob controle”.

“Vamos constituir o maior número de diretórios possíveis nesses quatro meses. O mínino é de 23 diretórios para podermos entrar, inclusive na disputa em 2018. Atualmente, existem apenas 8 diretórios municipais constituídos e inquebráveis, o que mostra a desorganização partidária”, relatou Lucas de Brito.

“O TRE é um site público, quem acessar vai ter essa informação, são 100 comissões provisórias em vigência e tem a exigência pra conversão dessas comissões em diretórios. Tião Gomes era quem tinha o poder pra transformar e por estar tudo sob seu controle talvez ele tenha perdido controle. É bom manter a comissão e ficar substituindo quando quer mantendo no controle pessoas que estão 100% alinhados com seus pensamentos”, destacou o vereador.

Sobre uma possível debandada de alguns membros do partido, Lucas disse que todos são livres para escolher se ficam ou se saem. “Um partido que se chama Livres precisa respeitar a liberdade, não vou pedir o mandato deles, eles são livres para ficar ou sair”, disse.

Vai com Cartaxo

Sobre as eleições de 2018 e a aliança firmada com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, o vereador Lucas de Brito retificou que tem aliança com o prefeito, mas ressaltou que o importante agora é cumprir a pauta programática.

 “Temos aliança com Cartaxo, ele realmente é candidato? Depende de vários fatores, a gente não quer internalizar uma polarização de Ricardo e Luciano. É mais importante cumprir a pauta programática”, finalizou Lucas de Brito.

Relacionadas