quinta, 25 de fevereiro de 2021

Política
Compartilhar:

Justiça quer concluir biometria até o fim do ano e faz convocação a eleitores

Adriana Rodrigues / 24 de junho de 2017
Foto: Rafael Passos
O Tribunal Regional Eleitoral inicia na próxima semana nova campanha para o cadastramento de eleitores com dados biométricos. A meta é habilitar até 19 de dezembro 100% do eleitorado da Paraíba para o sistema de votação que identifica o eleitor por meio da impressão digital.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TRE, George Bezerra Cavalcanti Leite, para atingir a meta do cadastramento, não só nos 102 municípios que fazem parte desta quinta e última etapa da revisão de eleitores com coletas de dados biométricos, o TRE vai convocar todos os eleitores paraibanos que ainda não fizeram a biometria para comparecerem ao cartório eleitoral ou posto de atendimento mais próximo de sua residência para se habilitarem para o sistema e garantir a participação nas eleições do próximo ano.

Para realizar o cadastramento, o eleitor deve comparecer ao cartório ou posto de atendimento portando o titulo eleitoral, comprovante de residência atualizado e documento de identificação original para atualização cadastral com a biometria.

George Bezerra alerta a todos que o não comparecimento resultará no cancelamento do titulo de eleitor e as demais sanções previstas no artigo 7º do Código Eleitoral brasileiro, dentre elas, o bloqueio para recebimento de salário ou proventos de função ou emprego público; impossibilidade de renovação de matrícula em instituições públicas de ensino, tomar posse em caso de aprovação em concurso público, como também de requerer passaporte e outros documentos oficiais.

“Além dessas sancões, que não efetuar o cadastramento biométrico terá o titulo de eleitor automaticamente cancelado e não poderá votar nas eleições de 2018, quando a eleição nos 223 municípios paraibanos será totalmente por meio da biometria”, afirmou.

Esta fase da campanha, que tem como meta habilitar 1.030.201 eleitores de 102 municípios, teve início no último dia 6 de março e já atendeu mais de 410 mil.

Mas o cadastramento biométrico tem prosseguimento nos cartórios eleitorais pertencentes aos demais municípios para atender eleitores que ainda não efetuaram sua biometria, transferências e a requisição do primeiro título eleitoral.

Até agora 121 municípios paraibanos, em 41 Zonas Eleitorais já passaram pelo cadastramento com uma cobertura de 64,4% do eleitorado.

Sete mil atendidos por dia

De acordo com o coordenador de Eleições do TRE-PB, Fábio Falcão, gestor da campanha, as zonas eleitorais que estão passando pelo cadastramento biométrico já registra uma média de sete mil atendimentos por dia.

Segundo ele, com base nos dados contabilizados no Painel do Cadastramento Biométrico, divulgado no portal do TRE-PB, até agora já houve o registro de 410,760 atendimentos, dos quais 392,321 foram de eleitores que fizeram a revisão com coleta de dados biométricos, o que resultou em 38,08% da meta, que é a de habilitar, até 19 de dezembro, 80% dos 1.030.201.eleitores desses 102 municípios, pertencentes a 36 zonas eleitorais do Estado.

Fábio Falcão disse que, na maioria dos municípios, o eleitorado tem atendido ao chamado da presidente do TRE, desembargadora Maria das Graças Morais, para comparecer ao cartório ou posto de atendimento biométrico para fazer o recadastramento.

Ele alertou que em razão de instabilidade devido a possível desativação de várias zonas eleitorais em todos os estados do Brasil, o eleitor daquelas zonas eleitorais que possam ser desativadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), provavelmente terão que ir até outro município realizar o seu cadastramento.

Relacionadas