domingo, 21 de julho de 2019
Política
Compartilhar:

Justiça Eleitoral empossa eleitos de Cabedelo em maio

Adriana Rodrigues / 13 de março de 2019
A Justiça Eleitoral concluiu nessa terça-feira (12) o processo de geração de mídias para a eleição suplementar de Cabedelo, com a preparação das 159 urnas eletrônicas que serão utilizadas no domingo, no pleito que definirá o novo prefeito e o vice-prefeito. O futuro gestor vai governar o Município por 20 meses.

Após a eleição, os integrantes da chapa vencedora podem ser diplomados no dia 1º de maio, e logo em seguida deverão tomar posse, para o mandado tampão até dezembro de 2020. Apesar do calendário eleitoral prever o dia 29 de maio como fim do prazo para a diplomação, a Justiça Eleitoral poderá antecipar o processo, caso consiga julgar as prestações de contas do eleito antes do prazo, ou seja, até o final de abril.

O juiz da 57ª Zona Eleitoral de Cabedelo, Salvador de Oliveira Vasconcelos, e o chefe do cartório eleitoral, Robson Marinho, estão trabalhando para encerrar o processo até o final de abril e efetuar a diplomação dos eleitos. Após a diplomação, a posse será dada pela Câmara Municipal, em uma sessão solene realizada no Cabedelo Clube, no mesmo dia.

Os trabalhos de geração de mídias, para a preparação das 138 urnas eletrônicas que serão utilizadas nas seções eleitorais e mais 21 de contingência (reservas) para caso de eventuais substituições, foram iniciados ontem pela manhã e concluídos no final da tarde. As urnas receberam o cartão de memória de resultado, que é disponibilizado ao Cartório Eleitoral para apuração dos votos.

Os trabalhos de geração de mídia foram realizados no Núcleo de Voto Informatizados (NVI), antigos Natus, no bairro de José Américo em João Pessoa. A Eleição Suplementar em Cabedelo será realizada devido a vacância dos cargos de prefeito e vice-prefeito da cidade. O fato ocorreu com a renúncia do então prefeito Leto Viana (PRP), em 16 de outubro de 2018, e a morte do vice-prefeito Flávio Oliveira, em 15 de julho passado, vítima de infarto.

Leto foi preso pela Polícia Federal durante a Operação Xeque-mate, que investiga esquema de corrupção na Câmara e Prefeitura de Cabedelo, envolvendo servidores, políticos e cidadãos comuns, desde 3 de abril passado.

Debate na Correio 98 FM

Os quatro candidatos que estão na disputa pela Prefeitura de Cabedelo participam nesta quarta-feira (13) do debate promovido pelo Sistema Correio de Comunicação, por meio da rádio Correio Sat, no programa Correio Debate, com transmissão simultânea pelo Portal Correio, das 13h às 14h.

Será um momento de confronto de ideias entre os candidatos e um momento para que os mais de 46 mil eleitores aptos a votar na eleição de domingo, conheça um pouco mais sobre cada postulante ao cargo e suas propostas para administração da cidade.

O debate será mediado por Nilvan Ferreira e Vitor Paiva, com as regras pré-definidas e discutidas com a assessoria de cada candidato.

Estão na disputa pele Prefeitura o prefeito interino Vitor Hugo (PRB) e Aguinaldo Silva (PSB); Eneide Regis (PSD e Janderson Brito (PSDB); José Eudes (PTB) e Paulo Nogueira (Podemos); e Marcos Patrício (Psol) e Françualdo Alves (PCdoB).

Relacionadas