domingo, 16 de maio de 2021

Política
Compartilhar:

João cobra metas de secretários e apresenta sistema de governança

André Gomes com Assesoria / 04 de janeiro de 2019
Foto: Francisco França
O governador João Azevêdo (PSB) realizou, nessa quinta-feira (3), no auditório da Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), a primeira reunião com os secretários e dirigentes de órgãos e estatais. Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual solicitou aos auxiliares a apresentação das metas de cada pasta para 2019. Os secretários têm até o dia 15 deste mês para apresentar as ações que devem ser implementadas no Estado no decorrer deste ano. João também apresentou o Sistema de Governança Eletrônico que será implementado, em breve, na Paraíba.

“A reunião teve o objetivo de estabelecer um prazo para que cada secretário possa apresentar, até o dia 15 de janeiro, as metas que vamos buscar em cada área para o ano de 2019. As metas devem ser divididas por cada trimestre para que nós possamos acompanhá-las”, explicou.

O gestor também evidenciou os avanços que o Sistema de Governança Eletrônico proporcionará para agilizar a tramitação de projetos no Governo do Estado. “Nós vamos implantar esse sistema para o acompanhamento de todas as ações e projetos do governo. Nós tivemos a oportunidade de mostrar como é fácil acompanhar todas as etapas de um projeto se a gente utilizar uma ferramenta tão bem desenvolvida como essa”, destacou.

Na reunião, ele ainda falou sobre a elaboração do Plano Plurianual (PPA) que definirá as ações do Governo entre os anos de 2020 e 2023. “Dentro dessa lógica, nós temos que estabelecer quais as prioridades para o Estado, o que nós queremos para a Paraíba nos próximos quatro anos e esse trabalho precisa começar já em 2019”, observou o governador Azevêdo.

Ele ainda anunciou para o dia 18 de janeiro, no Tribunal de Contas do Estado , a realização de um curso no qual os secretários terão a oportunidade de aprimorar o conhecimento sobre a operacionalização da máquina pública.

Exonerações e nomeações

A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de ontem, a primeira do governo João Azevêdo (PSB), trouxe uma série de nomeações e exonerações de servidores do 1º, 2º e 3º escalões.

Dentre os atos, está a exoneração de todos os cargos comissionados da administração direta e indireta do Poder Executivo estadual, com exceção daqueles dos seguintes órgãos: Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar; Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). O Diário Oficial também publicou Medidas Provisórias (MPs) estabelecendo fusão em órgãos que compõem a estrutura administrativa do Estado, a exemplo da Emater, Emepa e Interpa. Da fusão surgiu a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (EMPAER). O novo órgão será comandado por Nivaldo Magalhães.

Outra MP publicada cria a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), que incorporou a Rádio Tabajara e o jornal A União. A jornalista Naná Garcez foi nomeada como diretora presidente. O Diário Oficial ainda trouxe o ato de exoneração do ex-secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, que foi substituído por Jean Francisco Nunes.

Nomeação

O governador João Azevêdo nomeou, ontem, o defensor público Ricardo José Costa Souza Barros para o cargo de defensor público-geral do Estado para o biênio 2019/2020. Ele foi o segundo colocado na lista tríplice eleita em 12 de dezembro do ano passado e será empossado hoje, às 14h pelo Conselho Superior da Defensoria Pública.

“Vamos seguir em frente com o nosso projeto de estruturação da Defensoria e buscar ampliar o dialogo com o novo governador João Azevêdo para que possamos avançar nos próximos dois anos e garantir novas conquistas”, declarou o novo defensor geral.

Relacionadas