sábado, 16 de janeiro de 2021

Impeachment
Compartilhar:

Senado já vai com mais de 19 horas de sessão; acompanhe

Redação / 11 de maio de 2016
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
A sessão do Senado que analisa a instalação do impeachment e consequente afastamento da presidente Dilma do cargo já segue com mais de 19 horas de duração. Todos os 71 inscritos já se pronunciaram e agora a sessão caminha para o final e par a votação. A previsão é que a sessão siga até as 7h desta quinta-feita. Ela começou por volta das 10h de ontem.

O relator Antonio Anastasia defende seu parecer e, em seguida, a previsão é que a defesa de Dilma se pronuncie.

Os senadores paraibanos José Maranhão (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) já se pronunciaram e Raimundo Lira (PMDB), que presidiu a comissão especial do impeachment, foi o último inscrito.

Maranhão fez um discurso a favor do impeachment e chegou a pedir desculpas ao povo paraibano por ter votado e por ter pedido voto para Dilma.

Cássio, como líder tucano, reafirmou que houve crime de responsabilidade é que o impeachment é o caminho pra uma 'noa República'.


Relacionadas