quarta, 25 de novembro de 2020

Política
Compartilhar:

Impeachment está paralisado e só deve voltar a análise após decisão do STF

Folha Press / 22 de dezembro de 2015
Foto: Arquivo
O presidente da Câmara dos Deputados afirmou ontem que o processo só poderá ser iniciado quando o Supremo Tribunal Federal analisar os embargos de declaração que serão ingressados em fevereiro pela Casa Legislativa.

Segundo ele, não será possível instalar a comissão especial que analisará o afastamento da petista até que os ministros do STF esclareçam brechas em relação à votação de seus integrantes.

O peemedebista disse ainda que, até a análise da Suprema Corte, não convocará as eleições para as comissões permanentes e técnicas, uma vez que a decisão derrubou a legitimidade das votações secretas e da disputa em candidaturas, como era realizada até então.

“Ficará paralisado tudo até o esclarecimento, inclusive a comissão do impeachment”, acrescentou.

O peemedebista também anunciou que autorizará a instalação da CPI do Carf. Os partidos de oposição articulam que a comissão de inquérito foque Luis Cláudio, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, investigado na Operação Zelotes por receber pagamentos de lobista.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas