segunda, 10 de dezembro de 2018
Política
Compartilhar:

Governadores eleitos fazem reunião para captar recursos para 2019

Beto Pessoa / 04 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução
João Azevêdo (PSB) participa nesta terça-feira (4) de reunião com os governadores eleitos do Norte e Nordeste em Brasília. O encontro será às 10h, na representação do Ceará, na capital federal. A informação da reunião foi confirmada, via assessoria do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que é o coordenador do grupo do Nordeste. O próprio João Azevêdo confirmou pela manhã a viagem à Capital federal.

O governador eleito da Paraíba informou ainda que, além da reunião desta terça (4), no próximo dia 12 deve participar de reunião com o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, onde será debatida a área da segurança pública.

Sobre possível encontro com o presidente eleito Jair Bolsonaro, João destacou que até o momento não há diálogo previsto com o presidente eleito, porque nunca houve uma convocação. “Participarei de qualquer reunião quando convocado pelo presidente da República. Até hoje não houve nenhuma convocação feita pelo presidente para uma reunião”, disse.

Hoje, os governadores também vão para acompanhar de perto as votações sobre securitização da dívida ativa e a regulação da cessão onerosa de gás e petróleo. O texto autoriza a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios a cederem, com ônus, os direitos originados de créditos tributários e não tributários, inclusive inscritos em dívida ativa. No Senado, a prioridade dos governadores é acompanhar a votação do projeto que trata do bônus de assinatura, complemento da cessão onerosa de gás e petróleo.

Eles pretendem ainda ter uma reunião com o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), para conversar sobre os fundos partidários dos estados e municípios.

Lista inicial até sexta

Até o final desta semana devem ser divulgados os nomes que farão parte da equipe de governo de João Azevêdo. Em entrevista ao Correio Debate, da rádio 98 FM, ele disse que novos secretários devem ser empossados, mas que não devem ter grandes surpresas para a próxima composição da gestão.

“Até sexta-feira é provável que a gente esteja anunciando os novos nomes que comporão a equipe de governo. Por ser um governo de continuidade, temos secretários que continuarão, secretários que serão substituídos por opção própria e outros por questão de perfil. Isso é um processo natural, feito de uma forma muito tranquila. O governador vai promover uma reunião com todo governo até o final desta semana, para discutir exatamente a transição”, disse o governado eleito.

Pronto pra ajudar

O atual governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), também falou dos planos para o seu futuro. Sobre concorrer à Prefeitura de João Pessoa (PMJP) em 2020, ele disse que, por enquanto, não está planejando esta disputa. “Não estou discutindo 2020. Tenho que concluir este mandato e estar à disposição integral de João Azevedo, principalmente no início da caminhada, para que a gente se reinvente. Acho que minha experiência e a liderança que me foi colocada me habilita a tentar ajudar caso seja chamado. O resto não pensei”, disse.

Relacionadas