domingo, 28 de fevereiro de 2021

Política
Compartilhar:

Gervásio aposta em continuidade de projeto de Ricardo

Francisco Varela Neto / 01 de agosto de 2017
Foto: Divulgação
O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado estadual Gervásio Maia (PSB), defendeu a continuidade do projeto político que foi iniciado pelo governador Ricardo Coutinho na Paraíba. Sem falar em nomes, o deputado disse que a discussão em torno desse projeto para 2018 já vem acontecendo e no momento certo uma decisão será tomada. Comente no fim da matéria.

"Esse projeto não pode parar. Eu defendo a continuidade do projeto político que foi iniciado pelo governador Ricardo e que tem feito da Paraíba um lugar melhor de se viver e mais do que isso, tem destacado a Paraíba nacionalmente. Não dá para comparar a Paraíba com os estados vizinhos nem com os estados ricos da federação. O nosso foco, a nossa meta é exatamente nisso. Temos tempo, e discutindo estamos com o PSB e com os partidos da aliança e no momento oportuno as coisas vão acontecer", disse Gervásio .

Novo anexo da Assembleia Legislativa da Paraíba

Gervásio Maia que já havia anunciado para o próximo dia 9 de agosto a inauguração do novo anexo da casa que se localizará no Paraíba Palace, no Ponto de Cem Réis em João Pessoa, afirmou que o momento é de felicidade por utilizar um patrimônio do estado da Paraíba que estava abandonado.

"Para mim é um momento de muita realização, porque o Paraíba Palace foi construído na década de 30 e para mim é um dos prédios mais belos de João Pessoa, que representa muitas passagens da nossa história e da história da Paraíba e da historia de João Pessoa, e estava fechado, estava esquecido, era uma história que estava totalmente abandonada e a assembléia vai se instalar lá", disse.

"Teremos mais dinamismo. Os servidores ficaram mais bem acomodados e nós temos grandes servidores na assembléia e realmente eles precisavam disso para prestar o melhor serviço possível a população. Nós estaremos também dando uma contribuição ao comércio local, ao comércio do centro da cidade e sepultando de vez aquela história de retirada da assembléia da praça dos três poderes", afirmou.




 

Relacionadas