sábado, 19 de setembro de 2020

Política
Compartilhar:

Fim das doações empresariais não preocupa partidos na Paraíba

Alexandre Kito / 05 de outubro de 2015
Foto: Arquivo
O prazo para aprovar mudanças ao processo eleitoral válidas para as campanhas do ano que vem terminou na última sexta-feira, um ano antes da eleição de 2016. Como o Congresso Nacional não chegou a votar a Proposta de Emenda à Constituição sobre o financiamento de empresas aos partidos, as campanhas eleitorais devem ocorrer sem a doação empresarial.

Na Paraíba, a maioria dos partidos aprovou o veto da presidente Dilma Rouselff (PT), que proíbe as doações. Algumas legendas alegam que o financiamento das empresas privadas não deve atrapalhar o processo eleitoral.

O presidente estadual do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, alegou que o fundamental seria que houvesse um controle de financiamento público de campanha para que a disputa fosse realizada de forma igualitária e isonômica. “O veto para que os partidos não recebam doações de empresas privadas não vai influenciar, pois nós temos campanhas muito pobres, que não têm volume financeiro alto em relação aos outros Estados”, explicou.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas