quinta, 24 de janeiro de 2019
Política
Compartilhar:

Faltando apenas três dias para prazo final, apenas duas chapas registraram atas

Adriana Rodrigues e Damásio Dias / 03 de agosto de 2018
Foto: Reprodução
A três dias do fim do prazo para as convenções partidárias para eleições deste ano, cinco partidos já registraram atas de convenções no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e apenas dois deles apresentaram pedidos de registros de candidaturas.

Até o final da tarde da tarde dessa quinta-feira (2), além do Psol, que pediu registro para a chapa completa na última segunda-feira (30), contendo 26 candidatos, o Novo, também efetuou pedido de registros de das duas candidaturas ao cargo de deputado federal, de forma avulsa e sem coligação, elevando para 28 o número de registros para serem analisados pela Corte Eleitoral paraibana, que deverá iniciar os julgamento dos registros a partir da próxima semana.

Dos que pediram registros até agora, 10 são mulheres, o correspondente a 35,7% e 18 são homens (42,9%). Mais da metade tem curso superior completo, a maioria está na faixa etária de 45 a 49 anos de idade.

Os outros partidos que registram suas atas de convenções são DC, PSL e PRTB. Mas, ainda não apresentaram os pedidos de registros, apesar de já terem definido em suas respectivas convenções 74 candidatos que vão concorrer a disputa proporcional, em coligação na chapa que será encabeçada por Lucélio Cartaxo (PV) na sucessão estadual.

Conforme as atas de convenções registradas o DC terá quatro candidatos a deputado estadual e três a deputado federal. O PSL terá 20 candidatos a deputado estadual e 15 a deputado federal. Já o PRTB, terá 28 candidatos a deputado estadual e seis a deputado federal, valendo ressaltar que a maioria dos postulantes à Câmara Federal pelo partido é do sexo feminino. Quatro dos seis candidatos homologados na convenção são mulheres.

Rede confirma sua chapa

Os filiados e pré-candidatos ao Rede Sustentabilidade na Paraíba participaram de sua convenção nessa quinta-feira (2) com o objetivo de homologar as candidaturas da chapa proporcional nas eleições de outubro. Além disso, a legenda também debateu as melhores estratégias sobre a coligação partidária, tendo em vista atingir a cláusula de barreira e a conquista de cadeiras na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados.

Segundo o presidente estadual da legenda, Gerson Vasconcelos, a convenção homologou 20 candidaturas a deputado estadual e seis para deputado federal. A construção desse grupo, de acordo com o dirigente, ocorreu através de um trabalho realizado por nove meses.

Assim como outros partidos de menor porte, a Rede vive um desafio muito grande para a manutenção das atividades do partido nacionalmente nos próximos pleitos, que é atingir a cláusula de barreira. Devido a essa necessidade, as atenções se voltam à conquista de votos – 1,5% do eleitorado paraibano – e de cadeiras no Parlamento, sobretudo na Câmara Federal. Para conseguir o objetivo, as conversas com outras legendas para formar coligação competitiva continuam mesmo depois do evento partidário dessa quinta-feira (2).

Incluído no grupo de partidos que manifestou apoio à pré-candidatura de Gregória Benário (PCdoB) ao Senado, a Rede também discutiu o posicionamento, após o lançamento do deputado federal petista Luiz Couto como o segundo nome para a disputa no grupo governista. Até o fechamento desta matéria, ainda não havia uma posição sobre o tema.

Após conquistar mais de 48 mil votos nas eleições de 2014, o sapateiro Antônio Gobira (Rede) volta a disputar cadeira de deputado federal este ano. Sua candidatura foi homologada em convenção, nesta quinta-feira, em João Pessoa. Segundo ele, como no pleito anterior conseguiu ser o 15º mais votado sem coligação, a expectativa de vitória só cresce com a possibilidade de integrar uma aliança multipartidária.

Sempre receptivo, o sapateiro de Cajazeiras demonstra disposição para ir mais longe nas eleições deste ano. Durante a pré-campanha, Gobira já percorreu 164 municípios paraibanos e as viagens devem se intensificar com o início oficial da campanha a partir de 16 de agosto.

Relacionadas