domingo, 17 de janeiro de 2021

Política
Compartilhar:

Ex-vice-presidente da Câmara de Cabedelo nega acusações e assina CPI

Adriana Rodrigues / 24 de março de 2017
Foto: Divulgação
O vereador Eudes Souza (PTB), ex-vice-presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, disse nesta sexta-feira (24) que assinou a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investigará supostos crimes financeiros praticados na Casa na gestão passada, e dará total apoio às investigações. Segundo ele, a responsabilidade administrativa e financeira do Legislativo no período que corresponde às denúncias era exclusiva do ex-presidente Lucas Santino (PMDB).

“Assim que assumiu a presidência da Câmara, Lucas Santino tirou a responsabilidade dos demais integrantes da Casa. Todos atos administrativos e de ordenação de despesas eram exclusivos do presidente”, afirmou.

Eudes disse ainda que durante os dois biênios como vice-presidente, assumiu a titularidade da presidência por apenas 20 dias e só teve o direito de presidir as sessões da Casa. “No período que ele se licenciou todas as despesas ficaram autorizadas, só tive o direito de presidir as sessões e nada mais”, desabafou o vereador, revelando que durante a gestão alertou o ex-presidente sobre supostos excessos.

O ex-presidente Lucas Santino, que também foi procurado pela reportagem, durante todo o dia, até o fechamento desta edição para falar sobre o assunto, não foi localizado e nem atendeu as ligações.

 

Relacionadas