quinta, 19 de outubro de 2017
Política
Compartilhar:

Esquenta a pré-campanha no Sertão

Adelson Barbosa dos Santos / 12 de março de 2016
Foto: Divulgação
Se a disputa eleitoral está a todo vapor em João Pessoa, em algumas cidades do interior a pré-campanha também ferve. Um exemplo da agitação política no Alto Sertão está em São José de Piranhas. Lá, o prefeito Domingos Lacerda (PMDB)- filho do ex-prefeito Neto Lacerda (PTB) e sobrinho do ex-deputado José Lacerda Neto (PSD)- está terminando o segundo mandato e a vaga no Executivo está na mira de seis postulantes. Os nomes que movimentam a pré-campanha em São José de Piranhas são os seguintes: José de Nando (PMDB), Chico Mendes (PSB), Júnior Brasileiro (PSDB), Edson Pereira (PDT), Clóvis Barbosa (PT do B) e Cleide Penaforte (PP).

Diante de especulações de que o PMDB poderia ficar fora do páreo, a direção estadual divulgou nota, ontem, em emissoras de rádio da região, reafirmando que o partido terá candidato a prefeito e que o nome já escolhido é o do empresário do ramo da construção civil, José de Nando

Empresário do setor de vestuário, Chico Mandes já está em pré-campanha e terá o apoio do deputado estadual Jeová Vieira Campos e do governador Ricardo Coutinho. Por outro lado, o advogado Júnior Brasileiro também se movimenta na mobilização do eleitorado de São José de Piranhas e terá o apoio do senador Cássio Cunha Lima.

O médico Edson Pereira vai se reunir na próxima semana com o presidente estadual do PDT, Damião Feliciano, para discutir o lançamento de sua candidatura a prefeito, com apoio da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT). O professor e vereador Clóvis Barbosa recebe o incentivo do deputado estadual Genival Matias para se firmar como liderança competitiva em São José de Piranhas e sua pré-candidatura já está nas ruas.

Viúva de Zezé está no páreo

A morte recente do ex-prefeito Zezé de Né Gomes tem atraído a viúva, empresária Cleide Penaforte, para o centro da política de São José de Piranhas. Cleide surge no cenário político local como o nome mais forte entre os pretensos candidatos. Ela conta com o apoio do deputado federal Aguinaldo Ribeiro e pode mudar completamente o quadro eleitoral no município se souber costurar uma composição com alguns dos que hoje são adversários.

Comenta-se nos meios políticos locais que será o possível a união entre Cleide e José de Nando, numa chapa com ela na cabeça e ele na vice.

Segundo o radialista Sandro Lima, guardadas as proporções, assim como Marina Silva foi beneficiada com a morte de Eduardo Campos, Cleide poderá ser contemplada devido à morte de Zezé de Né Gomes.

Três nomes em Sousa

Ao contrário de São José de Piranhas, Sousa só tem três pré-candidatos- André Gadelha (PMDB), Fábio Tyrone (PSB) e Zenildo Oliveira (PSD)- e pode ficar com apenas dois. Em pleno período de seca, Fábio Tyrone é acusado de usar indevidamente água do Canal da Redenção para irrigar uma fazenda no município de Sousa. Ele nega.

Tyrone é alvo de investigações do Ministério Público. É possível que sua candidatura não decole, mas ele conta com apoio do governador Ricardo Coutinho e do deputado Lindolfo Pires (DEM). Se desistir, ficariam na disputa apenas André Gadelha e Zenildo Oliveira, marinheiro de primeira viagem na política. Presidente do PSD de Sousa, Zenildo tem o apoio do deputado federal Rômulo Gouveia.

Relacionadas