segunda, 19 de outubro de 2020

Política
Compartilhar:

Emerson Panta avalia o início da gestão e destaca dificuldades na administração

Adriana Rodrigues / 14 de abril de 2017
Foto: Nalva Figueiredo
O prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB), disse ontem, que um dos maiores desafios da gestão foi à falta de informações administrativas, de um arquivo contendo a documentação dos gestores anteriores. Ele revelou que ficou preocupado com a situação encontrada e teve que realizar auditorias na folha de pessoal e nos contratos em curso, além de um censo dos servidores. Além disso, começou a montar uma base de dados confiável para o município, dentro as ações que vem sendo executada nos primeiros 100 dias do atual Governo.

“Essa foi o maior entrave burocrático da própria prefeitura, onde não havia uma base de dados confiável para que nós pudéssemos avançar nos trabalhos e ter um diagnostico a partir de documentação”, declarou.

Em entrevista ao Correio Debate, da Rádio 98 FM/Correio Sat, para apresentar um balanço dos três primeiros meses da gestão, Emerson Panta, afirmou que iniciou o ano resolvendo um dos graves problemas que havia na cidade, por conta do acúmulo do lixo, devido à falta de coleta. “Santa Rita viveu em estado de calamidade. O lixo estava espalhado por todas as ruas da cidade e graças a Deus, com um árduo trabalho, conseguimos resolver este problema tanto afligiu os santaritenses”, comentou.

De acordo com o prefeito, todos os esforços da gestão foram concentrados nos primeiros dias para solucionar o problema do lixo, que havia se transformado em um caso de saúde pública, e para pagar a folha de pessoal em dia, após meses de atrasos e sem previsão para pagamento. “Conseguimos pagar os meses de janeiro, fevereiro e março em dia. Agora em abril estamos fazendo todo um planejamento para isso. Com o censo do servidor enxugamos a folha e garantimos o pagamento em dia”, afirmou.

O tucano disse ainda que esses primeiros 100 dias foram para organizar a casa e tomar ciência de algumas situações, dentre elas a que Santa Rita estava incluída no cadastrado de municípios inadimplentes junto aos órgãos de cadastros do Governo Federal, como Cadin e Cauc, o que a impossibilitava de receber recursos e repasses para convênios e projetos. “Essa situação também foi resolvida e o município já está positivado”, revelou.

Leia Mais

Relacionadas