sábado, 20 de julho de 2019
Política
Compartilhar:

Em Campina Grande, presidente do Senado defende reformas

André Gomes / 08 de junho de 2019
Foto: Chico Martins
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), defendeu ontem em Campina Grande que temas como a unificação das eleições no Brasil sejam discutidos apenas depois da aprovação da reforma da previdência. Para ele, o mais importante no momento é a garantia de crescimento do Brasil o que será possível apenas depois do Congresso aprovar as mudanças necessárias na previdência.

“Nós trabalhamos para que essa reforma seja aprovada o mais rápido possível. O que posso dizer, pelo menos em nome do Senado, é que estamos comprometidos com as reformas para impulsionar o país para um momento de crescimento, de geração de empregos e renda, diminuição das desigualdades. A reforma é um passo gigante para equilibrarmos as contas do estado brasileiro”, destacou presidente.

Sobre a retirada de estados e município da reforma da previdência, o presidente do Senado disse que a reforma passa pelo equilíbrio das contas públicas nacionais, mas pelo fortalecimento dos estados e municípios que estão, segundo ele, quebrados e sem a mínima condição de investimento.

“O que acontece é que muitos governadores querem o bônus de se beneficiar com a reforma da previdência, mas não querem o ônus de apoiar publicamente uma medida não muito simpática à população. Então é fundamental que os governadores se manifestem nesse questão publicamente a favor da reforma. A gente não pode compreender que há sete meses do período eleitoral não podemos viver uma divisão nacional. A eleição acabou e precisamos governar e a reforma será o primeiro passo”, disse, afirmando que é fundamental que os governadores e prefeitos se empenhem para que essa reforma aconteça. “Não é possível aceitar que uma divergência política, ideológica, partidária atrapalhe o desenvolvimento de uma nação”, observou.

Davi Alcolumbre também participou da abertura do Maior São João do Mundo a convite da senadora Daniella Ribeiro (Progressistas). “A minha visita, do ponto de vista institucional, é para fortalecer esse momento que estamos vivendo no Brasil, consolidando um parlamento forte. O Senado da República debate temas importantes para o desenvolvimento do Brasil, cumprindo com a nossa obrigação como Casa da federação defender os estados e municípios brasileiros, fazer a interlocução junto ao Governo Federal e como presidente de Poder, estou muito feliz em fazer essa visita de trabalho, mas ao mesmo tempo uma visita de cortesia a história do Nordeste, ao São João”, destacou o presidente.

Presidente caiu no forró





Para o presidente, visitar Campina Grande e o Maior São João do Mundo é um sinal de prestígio. “Eu como presidente represento aqui todos os senadores. Agradecemos a senadora Daniella pelo convite para o anúncio da reabertura de uma Superintendência da Caixa Econômica em Campina Grande”, destacou.

Logo na chegada, a comitiva do Senado foi recebida com muito forró, no clima do Maior São João do Mundo. Alcolumbre chegou a ensaiar alguns passos, afirmando ser um prazer estar em Campina em uma data tão especial para a cidade que respira a cultura nosdestina.

A senadora Daniella Ribeiro destacou a presença do presidente Davi Alcolumbre e os senadores Fernando Bezerra e Marcos Rogério.

“É um dia festivo, tanto pela abertura do Maior São João do Mundo e pelo anúncio da abertura da Superintendência da Caixa, além da presença dos meus colegas senadores”, disse a senadora.

Relacionadas