quarta, 12 de maio de 2021

Política
Compartilhar:

Eleitorado paraibano terá 31,7 mil votantes a mais do que nas últimas eleições

Adriana Rodrigues / 02 de agosto de 2018
Foto: Arquivo
As eleições deste ano na Paraíba terão 31,7 mil eleitores a mais do que nas eleições gerais realizadas em 2014. De acordo com dados divulgados nessa quarta-feira (1º), pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, o eleitorado paraibano aumentou de 2.835.882 para 2.867.649, o equivalente a 1,12%. Ao observar por município, houve redução do contingente apto ao voto em 139. Nos outro 84 houve um aumento, que inclui as maiores cidades como João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo.

Em todo País estão aptos a votar no próximo dia 7 de outubro 147.302.354, o que representou um aumento de 4,4 milhões em relação as eleições de 2014, nas quais 142.822.046 estavam aptos para votar. As estatísticas da Justiça Eleitoral mostram que houve um aumento do eleitorado brasileiro de 3,14% em relação as últimas eleições gerais.

A maioria do eleitorado da Paraíba é composto por mulheres. Elas são 1.517.567 eleitoras, o correspondente a 52,9%. Enquanto os homens são 1.350.082, o equivalente a 47,1%. As mulheres são maioria, entre os eleitores, em 188 municípios paraibanos. O dado chama atenção ainda mais quando se observa a formação das chapas majoritárias apresentadas até o momento no Estado. Dentre as seis chapas, há uma candidata a vice confirmada e outra espera convenção. Para governadoras, são duas pré-candidatas.

Outros dados apresentados em relação ao eleitorado paraibano, são que apenas 5.330 estão registrados sem biometria; 143 com nome social; e 13.085 possui algum tipo de deficiência. Além disso, 55,4% são solteiros e 36,9% são casados.

Em relação à faixa etária, a maioria dos eleitores são adultos, tendo 11,24% entre 30 a 34 de idade, e 10,72% entre 25 a 29 anos de idade.

Outro dado estatístico divulgado pelo TSE é em relação ao grau de instrução do eleitorado, que precisa melhorar. Na Paraíba ainda há 219.455 eleitores analfabetos, o correspondente a 7,65% do total apto.

Relacionadas