segunda, 12 de abril de 2021

Eleições
Compartilhar:

PSD confirma Jacó Maciel para disputar a reeleição em Queimadas

Ascom / 06 de agosto de 2016
Foto: Ascom
O Partido da Social Democracia (PSD) homologou o nome do prefeito Jacó Maciel à reeleição e de Gera como candidato a vice-prefeito. "Quem tem valor não tem preço. Eles acham que o dinheiro pode comprar todo mundo, mas o dinheiro não compra o valor e o respeito do nosso povo", disse Jacó em seu discurso.

O evento contou com a participação do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), do deputado estadual Manoel Ludgero (PSD), entre outras lideranças. Durante a convenção foi exibido um vídeo contando a história de Jacó. Moradores da cidade falaram das ações do gestor e de como ele transformou a realidade deles.

Cassio falou da alegria do povo na convenção e disse que a euforia era contagiante. Falou do trabalho que vem sendo desenvolvido por Jacó e disse que ele era "um homem simples, pacato, honesto, realizador e competente".

Aguinaldo Ribeiro fez uma fala destacando as obras desenvolvidas na cidade e destacou da seriedade de Jacó e do respeito que ele tem com os recursos públicos. Já Ludgero disse que o povo de Queimadas não quer voltar ao retrocesso do passado e, por isso, estará do lado de quem trabalha.

Em seu discurso Jacó Maciel falou que esse era o início de uma nova jornada em buscar do melhor para Queimadas. Relembrou que na sua primeira campanha ninguém queria ser seu vice, pois o enxergava como derrotado. Exaltou a importância de Gera que aceitou ser seu vice no momento mais difícil, quando era visto como derrotado. "Não adiantou dinheiro. Vencemos a campanha com a força da fé e com base nas propostas", destacou, acrescentando que resolveu ser político para servir o povo e servir a Queimadas.

O candidato homologado em convenção disse que seu adversário é responsável pela pior administração que Queimadas já teve. "Eram quase dois anos para conseguir ultrassom, faltava medicação, deixaram escolas sem condições de funcionamento e ruas sem calçamento. Queimadas vive hoje uma nova realidade. Com 21 escolas reformadas, medicamentos e saúde de qualidade", afirmou.

Relacionadas