terça, 13 de novembro de 2018
Eleições
Compartilhar:

Promotor eleitoral critica sujeira nas ruas de JP

Rammom Monte e Bruna Vieira / 02 de outubro de 2016
Foto: Nalva Figueiredo
Apesar de a Justiça Eleitoral ter determinado que não poderia haver materiais de campanha espalhados pelas ruas das cidades, não é bem isto que tem sido visto. Apesar de a votação ter começado há poucos minutos, já é possível perceber o lixo acumulado nas esquinas. O promotor eleitoral da primeira zona de votação de João Pessoa, José Farias, informou que durante todo o dia os juízes e promotores estarão visitando todos os locais para verificar a irregularidade.

"Logo cedo, o que observamos foi o lixo. É mais por falta de educação do que no intuito de fazer propaganda. O que sobra nos comitês é descartado nos locais de votação. A primeira providência que tomamos é mandar limpar e apurar. Não é crime eleitoral, mas, é irregularidade. Faremos essa fiscalização nos 40 locais da primeira zona", destacou.

O eleitor Antônio Amorim, de 65 anos, foi um dos primeiros a chegar ao local de votação e não gostou da sujeira.

"Não deveriam jogar tanto papel. Os candidatos dizem que vão cuidar da cidade e já começam sujando. Vim votar logo cedo para ficar livre o resto do dia. Mais tarde é mais complicado, tem mais fila. A obrigação do eleitor é votar e esperar que melhore", disse.

Você pode acompanhar toda a cobertura das Eleições 2016 no Correio Online durante todo este domingo (2). E nesta segunda-feira (3) o jornal Correio da Paraíba traz um caderno especial com toda a repercussão do pleito eleitoral.

Relacionadas