sexta, 27 de novembro de 2020

Eleições
Compartilhar:

Presidente da AL, Adriano Galdino quer garantir as sessões durante período eleitoral

Adriana Rodrigues / 13 de agosto de 2016
Foto: Divulgação
O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), vai se reunir na próxima terça-feira, pela manhã, com o colegiado de líderes e demais deputados que queiram participar das discussões, para definir a sequência dos trabalhos da Casa no período eleitoral.

O socialista não quer que haja nenhum prejuízo ao andamento da produção legislativa por conta da campanha eleitoral.

De acordo com Galdino, que também é candidato a prefeito de Campina Grande, as eleições municipais não podem prejudicar no andamento dos trabalhos na ALPB. “A campanha não atrapalhá meu trabalho. Pode ocorrer o contrário, tenho compromisso com os que me elegeram”, disse.

O parlamentar disse que vai ouvir a sugestão dos demais deputados, principalmente os mais experientes para estabelecer um calendário de atividades, no qual possa contar com a participação de todos e a manutenção das atividades, e até mesmo quais serão as recomendações da Mesa Diretora em relação aos trabalhos do legislativo durante o período de campanha eleitoral.

O deputado Renato Gadelha (PSC), líder da Oposição, disse que vai reformular proposta que apresentou no retorno das trabalhos parlamentares neste segundo semestre e até chegou a ser acatada pelo presidente, mas ainda não foi colocada em prática.

Ela prevê que as votações aconteçam nas terças-feiras; os debates nas quartas; e as audiências públicas, sessões especiais e reuniões das comissões nas quintas. “É claro, que à medida que o pleito aproxima-se, é exigida cada vez mais à presença de cada parlamentar nas bases eleitorais”, comentou o líder da oposição.

O deputado Hervázio Bezerra (PSB), líder do Governoa, disse que a questão está previamente acordada para que os trabalhos sejam concentrados nas terças e quartas durante o período da campanha eleitoral. Segundo ele, não há matérias pendentes de votação e programando a agenda para esses dois dias não haverá problemas quanto à falta de quórum.

Leia Mais

Relacionadas