terça, 13 de novembro de 2018
Eleições
Compartilhar:

O que os candidatos pretendem para a Cultura?

Alyf Santos / 13 de setembro de 2016
Foto: Ilustração Correio/José Flávio
Incentivar festivais de música, arte e exposição de pintura estão nos planos dos candidatos à prefeitura da Capital e da Rainha da Borborema. Nesta terça-feira (13) mostraremos as propostas na área da Cultura. Os candidatos apresentaram algumas propostas estimando a valorização da diferença cultural dos cidadãos que depende do espaço cultural. Confira as propostas dos prefeitáveis:

Campina Grande

Adriano Galdino (PSB) – Criação do Plano Municipal de Cultura; Garantir aporte de recursos para o Fundo Municipal de Incentivo a Cultura – FUMIC; Criar o Distrito Cultural, fomentando espaços onde haja encontro das culturas (produções e apresentações musicais, teatrais, circenses, etc); Incentivar o Projeto OCUPA AÇUDE, entre outros, de sorte que os espaços públicos sejam ocupados para eventos culturais.

Artur Bolinha (PPS) – Introduzir currículo extra com disciplinas como cidadania, higiene e saúde, música, etc. Em todas as escolas; Criar espaço permanente para ensaios e apresentações de Quadrilhas Juninas durante todo o ano.

David Lobão (PSOL) – Elaborar um projeto de política cultural para os quatro anos de governo, a partir de uma ampla discussão com a sociedade local, em particular os diferentes segmentos artísticos e culturais; Constituir um fundo municipal de cultura para financiar atividades artísticas e culturais, com recursos alocados do orçamento da prefeitura e com controle social; Elaborar em conjunto com os segmentos artísticos e culturais propostas de revitalização e democratização de espaços tradicionais da cidade, a exemplo do antigo cinema capitólio, a biblioteca pública e os museus.

Romero Rodrigues (PSDB) – Implantar o Sistema Municipal de Cultura e readequar os instrumentos legais do orçamento com as ações proposta no PPA, LDO e LOA; Garantir a Gestão Democrática e descentralizada dos equipamentos históricos e culturais vinculados a SECULT; Criar um Festival de Arte Comunitária e um Festival de Artes, envolvendo todos os bairros e distritos de Campina Grande; Apoiar eventos de bandas marciais e de fanfarras existentes no município.

Veneziano (PMDB) – Retomada da Promoção de todos os eventos culturais da cidade: São João, Festival de Inverno, Natal dos Sonhos, Ciranda da Cultura, Frevereiro, Programa Ciranda, Cirandinha, Projeto Seis e Meia, dentre outros; Realizar censo cultural na cidade para identificar o que seus diversos atores culturais criam e produzem; Transformar o Açude Novo em um grande espaço cultural, adaptando o local para realizações de eventos, amostras, shows e apresentações como vem ocorrendo através do Movimento Ocupa Açude; Criar e digitalizar os acervos históricos e culturais de Campina Grande existentes, tornando-os acessíveis para toda a população.

Walter Brito Neto (PEN) – Programa Arte de Rua: criação de espaços nas praças municipais e shopping cultural para exposição pinturas de rua de forma rotativa, sendo montado um calendário semestral para exposição dessas artes em espaços públicos variados; Apoio aos eventos do São João na cidade.

João Pessoa

Cida Ramos (PSB) – A cultura como direito inerente da população; Manifestações culturais como fator essencial do desenvolvimento humano; Presença cultural nas 14 regiões da cidade.

Luciano Cartaxo (PSD) – Compor a rede de pontos de cultura, ampliando e lançando novos editais de incentivo à cultura, como a quarta edição do festival de música clássica, que já se encontra em análise no Ministério da Cultura e inscrito para patrocínio do BNDES e ampliando o projeto ação social pela música, já realizado nos bairros do Alto do Mateus e Mangabeira.

Professor Charliton (PT) – Repensar a estrutura e as atribuições da Fundação Municipal de Cultura (FUNJOPE), reduzindo paulatinamente suas funções de produtor de eventos artísticos, bem como extinguindo seu papel de repassador de recursos para categorias privilegiadas através do chamado “balcão de negócios”; Realizar regularmente as Conferências Municipais de Cultura. Participar ativamente e democratizar a participação nas Conferências Estaduais e Nacionais de Cultura; Equipar e promover a revitalização da Banda 5 de Agosto. Efetivar e reestruturar da Orquestra Municipal.

Victor Hugo (PSOL) – O candidato não apresentou propostas detalhadas referente à esta área em seu plano de governo apresentado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB).

 

Relacionadas