quinta, 26 de novembro de 2020

Eleições
Compartilhar:

Mais um pedido de tropas federais nas eleições da Paraíba

Adriana Rodrigues / 06 de setembro de 2016
Foto: Ilustração Correio

Mais um município paraibano poderá contar com o reforço de tropas federais para a segurança do processo eleitoral. O de Teixeira, que é da 30ª Zona Eleitoral. Foi o que revelou nesta terça-feira (06) o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador José Aurélio da Cruz.



Segundo ele, o pedido deverá ser formulado, junto ao TRE-PB pelo juiz Gustavo Camacho Meira de Sousa, ainda esta semana, por conta de uma série de ocorrências de instabilidades e insegurança no município que pode interferir na realização do pleito, dentre eles a prisão de pessoas armados, que estariam obstruindo os trabalhos eleitorais.

O presidente do TRE disse que já foi informado da intenção do magistrado de formalizar o pedido, diante dos últimos acontecimentos que trouxeram insegurança, não só para população, mas para os servidores da Justiça Eleitoral.

“Estamos aguardando este pedido, para submetermos a análise da Corte, juntamente com o de Campina Grande, que já está em tramitação, sob a relatoria da desembargadora Maria das Graças Morais”, comentou.

De acordo com José Aurélio, a requisição de tropas federais tem que vir de forma fundamentada, com fatos determinantes, que possam influenciar no transcurso normal do pleito e comprometer a segurança do processo eleitoral como um todo. Porque além da análise do TRE-PB, também será submetido ao crivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que dará a palavra final sobre a aprovação do pedido.

 

“Um fato isolado, como ocorreu em uma carreata em João Pessoa, envolvendo um fiscal da propaganda eleitoral e um militante de uma coligação, não justificar o pedido de tropas federais, mas sim do reforço d aparato de policiamento local. Os pedidos devem ser bem fundamentados e ter uma motivação ainda maior” – José Aurélio da Cruz – Presidente do TRE-PB.

Relacionadas