sábado, 05 de dezembro de 2020

Eleições
Compartilhar:

Juízes pedem tropas federais para Sousa

Adriana Rodrigues / 23 de setembro de 2016
Foto: Arquivo
Os juízes da 35ª e da 63ª Zonas Eleitorais de Sousa, Renan do Valle Melo Marques e Anderley Ferreira Marques, solicitaram ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) pedido de tropas federais para garantir a segurança do pleito na região, que além de Sousa abrange mais oito municípios - Marizópolis, Lastro, Aparecida, Santa Cruz, Nazarezinho, Vieirópolis, São Francisco e São José da Lagoa Tapada.

O relator do pedido, que já está em tramitação no TRE, é o juiz Emiliano Zapata, que já determinou a expedição de oficio ao governador Ricardo Coutinho (PSB), para se posicionar sobre a solicitação, dentro de um prazo de 48 horas, e se manifeste quanto garantia da ordem pública no pleito eleitoral, no município de Sousa, apenas com forças estaduais de segurança.

Os dois magistrados utilizaram como argumento para formulação do pedido, além do clima de insegurança e de acirramento da disputa eleitoral nos nove municípios das duas zonas, foi a ocorrência de um suposto atentado à casa de um dos candidatos a prefeito, Fábio Tyrone, com disparos contra a frente da residência.

O pedido contou com o apoio dos candidatos que estão na disputa pela Prefeitura de Sousa e lideranças políticas da região.

Com a solicitação dos juízes de Sousa subiu para sete o número de pedido de reforço do Exército para as eleições deste ano na Paraíba. Até agora houve solicitação de reforço federal para Campina Grande, Piancó, Alhandra, Esperança, São José do Brejo do Cruz, Teixeira e, por último, Sousa.

TSE decidirá sobre Campina

Nessa quinta-feira (22), o Pleno do TRE acatou o pedido para a Zona  de Esperança e negou o de Teixeira. Além dos dois, estava previsto para ontem à noite, o julgamento do pedido de tropas federais para a garantia do pleito no município de Alhandra (Litoral), onde há acirramento entre partidários dos candidatos.

O pedido para a cidade de Campina Grande foi o primeiro a ser apreciado e deferido, no último dia 15 e já se encontra em tramitação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a quem cabe a decisão final.

Os pedidos de reforço federal para 32ª Zona Eleitoral de Piancó - que além da sede do município congrega Emas, Catingueira e Olho D´Água – e para São José do Brejo do Cruz, da 38ª Zona foram indeferidos na última segunda-feira, sendo que o segundo foi por falta de legitimidade da parte autora, já que foi. A requisição foi da candidata a prefeita Maria da Natividade (PMDB).

Relacionadas