terça, 01 de dezembro de 2020

Eleições
Compartilhar:

Em lados opostos: PMDB e PT fazem convenção em JP

André Gomes / 30 de julho de 2016
Foto: Infográfico Correio
 

As direções municipais dos dois maiores partidos em representação política no Congresso Nacional, e que comandam os destinos do Brasil, realizam convenções em João Pessoa hoje com posturas o objetivos totalmente diferentes. Enquanto o PMDB irá homologar apoio a reeleição do prefeito Luciano Cartaxo e a escolha de um candidato a vice, o PT dá o aval para Charliton Machado e Nelson Lira, concorrerem em chapa puro sangue.

As duas legendas foram aliadas durante anos em composições que elegeram o ex-presidente Lula por duas vezes e a presidente Dilma para dois mandatos. Na Paraíba, as legendas também eram aliadas até o início do processo de impeachment começar a tramitar no Congresso. Depois das ondas de denúncias na Operação Lava Jato, as legendas perderam um certo protagonismo perante os eleitores.

Os petistas em João Pessoa farão uma convenção com o objetivo de reafirmar que o partido continua vivo, mesmo depois da saída do prefeito Luciano Cartaxo da legenda no ano passado, decisão também seguida por inúmeros outros integrantes históricos.  Em uma composição com o PPS, que chegou a ser questionada em 2012, a sigla elegeu Cartaxo para administrar a cidade e tinha expectativa de trabalhar pela sua reeleição este ano.

Já o PMDB que tem hoje como maior representante o presidente interino do Brasil, Michel Temer, tinha a convicção de lançar uma candidatura própria na Capital, mas preferiu se manter como coadjuvante no processo, possivelmente indicando um candidato a vice. Hoje, a legenda define o nome que será indicado pela legenda para compor a chapa encabeçada pelo prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

Nessa conjuntura, o PMDB pode indicar o nome do deputado federal Manoel Junior como candidato a vice, na intenção de governar João Pessoa a partir de 2017, com a possibilidade de o prefeito Luciano Cartaxo deixar o governo para disputar as eleições de 2018, como candidato ao Governo do Estado. Outros nomes como os de Nadja Palitot, Roosevelt Vita, Neto Franca e Antônio Sousa figuram a lista das possibilidades dentro do PMDB.

Relacionadas