terça, 24 de novembro de 2020

Eleições
Compartilhar:

Candidatos ‘reservam’ ruas de João Pessoa

Alexandre Kito / 09 de setembro de 2016
Foto: Ilustração Correio
A disputa para não perder o contato com o eleitor levou os principais candidatos a prefeito e vereador, na Capital, a reservarem antecipadamente as principais ruas e avenidas da cidade para divulgarem a campanha. Mesmo quando não estão sendo utilizados para as atividades de divulgação, muitos locais ficam proibidos de receber a presença dos militantes, pois a maioria já foi reservado perante a Justiça Eleitoral, por coligações que tiveram o intuito de inviabilizar o adversário a ocupar os principais pontos.

Os candidatos que representam as coligações Trabalho de Verdade e Força da União Por João Pessoa - representados por Cida Ramos (PSB) e Luciano Cartaxo (PSD), respectivamente - são os que possuem o maior número de partidos aliados e os que mais têm investido e realizado ações nas ruas. Por isso, reservaram mais locais do que de fato estão utilizando. Eles estão dividindo o espaço com as legendas que oficializaram apoio às suas candidaturas.

Apesar de algumas restrições na propaganda eleitoral, as panfletagem e exibições de bandeiras têm sido realizadas como estratégia para atrair votos. São inúmeras as ruas, cruzamentos e avenidas que já estão agendadas por partidos e candidatos que desejam realizar ações junto à militância para propagar a campanha e atrair eleitores. Para garantir o espaço, o candidato apenas necessita encaminhar um pedido ao Cartório Eleitoral, na 76ª Zona Eleitoral, para que o comunicado seja protocolado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB).

Em João Pessoa, os candidatos têm disputado os pontos principais, onde há intensa movimentação de pessoas e veículos que contribuem para divulgar a imagem e as propostas de cada um deles. Avenidas como a Epitácio Pessoa, o Retão de Manaíra e a principal dos Bancários, têm sido as mais reservadas pelas coligações. São locais onde quem não se antecipou tem ‘brigado’ para garantir uma vaga. Os horários mais requisitados pela militância são de 7h às 8h, durante o meio dia e das 17h30 às 19h30. São horas em que o trânsito e a movimentação de possíveis eleitores são bastante intensos.

De acordo com a Justiça Eleitoral, ao usufruir das vias públicas para realizar atividades de campanha, os candidatos podem apenas distribuir folhetos, adesivos e impressos, independentemente de autorização, sempre sob responsabilidade do partido, da coligação ou do candidato. Também podem usar bandeiras portáteis, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos.

Relacionadas