terça, 11 de maio de 2021

Política
Compartilhar:

Efraim pede definição sobre nome na chapa de Azevêdo

Adelson Barbosa dos Santos / 23 de maio de 2018
Foto: Arquivo
Lançado no final de semana pelo Democratas como nome do partido para vice na chapa que será encabeçada por João Azevedo (PSB), o ex-senador Efraim Morais defendeu, ontem, que o agrupamento político do governador Ricardo Coutinho não perca mais tempo e lance outro nome para a segunda vaga de senador. Ele vê a deputada Daniella Ribeiro (Progressistas) com condições de ser o nome. O primeiro a ser lançado foi o de Veneziano Vital (PSB).

Segundo Efraim Morais, o esquema montado pelo PV, PSDB e PSD já tem os dois nomes ao Senado- Raimundo Lira (PSD) e Cássio Cunha Lima (PSDB)- e começa a ocupar os espaços vazios.

Para ele, o nome do candidato a vice pode ser definido mais adiante. O importante é que a Paraíba saiba, segundo o democrata, quem são os candidatos. “É importante que possamos ocupar os espaços e não ficar mais no vazio”, reforçou o ex-senador, para quem é preciso urgência na definição.

Ele disse que defende que o segundo nome seja de um a mulher e que venha da oposição, se possível. “Nada impede que seja um homem, mas de preferência uma mulher”, observou.

Indagado se seria o caso da deputada Daniella Ribeiro, que tem se destacado no cenário político e vem sendo cortejada também pelo pré-candidato do MDB, José Maranhão, Efraim respondeu: “Considero o nome dela em condições de disputar (uma cadeira no senado). É uma parlamentar guerreira, que tem bases (em Campina Grande) e um partido, o Progressistas, que somaria à coligação do PSB”.

Relacionadas