quarta, 14 de novembro de 2018
Política
Compartilhar:

Destino do comando de Patos na incerteza da guerra judicial

Redação / 12 de setembro de 2016
Foto: Reprodução WhatsApp
O município de Patos tem vivido dias de incerteza desde o afastamento da prefeita Francisca Motta (PMDB) e uma guerra judicial piorou a situação ainda mais. Depois que o vice-prefeito Lenildo Morais tomou posse na sexta-feira (09), a presidente da Câmara de Vereadores, Nadir Rodrigues (PMDB), decidiu convocar uma nova cerimônia alegando que não se encontrava no dia da posse e que, portanto, essa não teria validade.

Nadir Rodrigues explicou que procurou o Ministério Público Federal para ser notificada já que na sexta-feira ela não se encontrava na cidade por motivos de saúde de sua mãe.

Em seguida, a justiça concedeu uma liminar favorável a Lenildo Morais reconhecendo a legalidade da posse pela mesa da Casa, cassando o ato na vereadora Nadir Rodrigues, que queria realizar nova sessão para dar posse ao gestor.

Relacionadas