quarta, 14 de novembro de 2018
Política
Compartilhar:

Cartaxo evita comentar sobre 2018 e ainda não quer pensar em mudança no secretariado

Rammom Monte / 04 de outubro de 2016
Foto: Assuero Lima
O prefeito reeleito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) deu uma entrevista ao programa Correio Debate, da rádio 98 FM/Correio Sat, no início da tarde desta terça-feira (04). Na conversa, Cartaxo se esquivou das perguntas feitas referentes ao pleito de 2018 para governador e afirmou que ainda não está pensando na reforma do secretariado.

“Vou continuar a me dedicar a gestão do nosso município, vou focar no trabalho. Acredito que o resultado que colhemos no domingo foi fruto de quatro anos de dedicação. Eu sou muito claro nas minhas respostas. Eu tenho a leitura da responsabilidade que é governar uma cidade como João Pessoa. Hoje ainda é terça, o resultado saiu no domingo. Estamos focados, ainda tenho 3 meses do primeiro mandato, para depois entrar em 2017 no mesmo ritmo. Eu não vou ficar sonhando, imaginando, vou ficar trabalhando em João Pessoa, esse é o meu objetivo”, esquivou-se.

Perguntado se já se planeja fazer a reforma no secretariado, Cartaxo disse que ainda é muito cedo para se falar nisto, mas acredita que no fim de novembro ou começo de dezembro o assunto já pode vir à pauta.

“Vamos fazer essa discussão um pouco mais na frente. Temos que antes melhorar alguns serviços, ver o orçamento para o próximo ano, muita coisa que precisa concentrar esforços neste momento. Quero fechar bem estes primeiro quatro anos de mandato. Acredito que no fim de novembro, inicio de dezembro dá para começar a pensar em 2017”, disse.

Papel do vice em seu mandato

Um outro assunto abordado na entrevista foi o papel que o vice-prefeito eleito, Manoel Júnior, terá nos próximos quatros anos. Para o prefeito, quanto mais pessoas unidas trabalhando, melhor será para João Pessoa.

“Um vice tem que trabalhar. Estamos nessa perspectiva. Manoel Júnior tem uma experiência muito grande na Câmara Federal, vai ajudar bastante na construção de recurso para a cidade de João Pessoa e faz parte do partido do Presidente da República. Ele vai nos ajudar em áreas importantes da nossa gestão, tendo um papel ativo na nossa gestão. Governar a cidade não é uma tarefa para uma pessoa sozinha. Estamos trabalhando dentro dessa compreensão que é possível fazer mais por João Pessoa e quanto mais gente, melhor. Vai nos ajudar e vai colaborar muito”, explicou.

Por fim, Cartaxo comentou sobre o Parque da Lagoa e falou sobre uma possível obra que poderia marcar sua nova gestão a frente da cidade de João Pessoa. Para ele, um governo não pode ser marcado por uma obra só.

“Pretendemos dar sequência ao trabalho realizado, fazer mais nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, obras importantes nos bairros. Sempre tem aquela obra que simboliza, mas o nosso foco tem sido cuidar das pessoas, temos obras que podem sair do papel no primeiro ano de governo, como o Parque da Bica, estamos trabalhando neste conceito com uma cidade com qualidade de vida. O governo não é de uma obra só, mas de um trabalho permanente em toda cidade de João Pessoa”, finalizou.

Relacionadas