quarta, 12 de maio de 2021

Política
Compartilhar:

Campanha ao governo já mira nas Eleições para prefeitos

Adelson B. dos Santos / 12 de agosto de 2018
Foto: Divulgação
Lideranças políticas locais aproveitaram a pré-campanha e estão ingressando na campanha para apresentar seus próprios nomes aos eleitores pensando nas eleições municipais de 2020.

Muitos políticos que pretendem disputar as eleições de 2020 foram lançados em seus municípios por candidatos a governador como Zé Maranhão (MDB), João Azevedo e Lucélio Cartaxo, bem como por candidatos ao Senado como Cássio Cunha Lima (PSDB), Daniella Ribeiro (Progressistas) e Lucélio Cartaxo (PV).

O eleitor de Solânea tem um nome da cidade na disputa por uma vaga na Câmara Federal: Walter Júnior. O candidato é filiado ao MDB, fará dobradinha com o deputado e candidato à reeleição, Raniery Paulino (MDB). Walter Júnior disputará uma das 12 cadeiras da Paraíba com nomes muito fortes, como Pedro Cunha Lima (PSDB), Benjamin Maranhão (MDB), Wellington Roberto (PR), Hugo Motta (PRB) e Frei Anastácio (PT).

A campanha não será fácil para Walter Júnior, mas por conta da força do MDB e da coligação com o PR e Patriota, é provável que ele obtenha uma boa suplência. Walter Júnior, como outras lideranças locais está colocando seu nome em evidência, visando, também, a campanha de 2020.

O mesmo ocorre em Sapé com o vereador e presidente da Câmara, Johni Rocha (PSDB), que não é candidato este ano, mas integra a linha de frente da campanha de Zé Maranhão para governador na cidade. Johni demonstra ser uma liderança forte em Sapé, assim como o ex-prefeito de Cacimba de Dentro, Clidenor Dias, que está na linha de frente as candidatura de Maranhão no município administrado pelo aliado, Valdinele Gomes Costa, conhecido como Nelinho (PSB), cuja vice-prefeita é Edna, esposa do ex-prefeito, conhecida como Edna de Clidenor. O ex-prefeito pensa em voltar a disputar a Prefeitura de Cacimba de Dentro e está se preparando para a campanha de 2020.

Em Guarabira, o prefeito Zenóbio Toscano está no meio do segundo mandato e os aliados dele já se movimentam visando 2020. O prefeito não fala, mas especula-se na cidade que ele pode apoiar uma possível candidatura do seu vice-prefeito, Marcos Diogo, ou do presidente da OAB local, Antônio Teotônio, que é esposo da presidente da Câmara, Neide de Teotônio.

Para uma solução familiar, Zenóbio tem como trunfos a esposa, Lea, que já foi prefeita, e a filha, Camila, que é deputada estadual e candidata à reeleição. Do lado oposto, é certeza que a família Paulino apresente um nome para disputar contra o esquema de Zenóbio, mas, por enquanto, não se fala em nomes. No entanto, nome não será problema. Com a candidatura a senador, Paulino se consolida como uma forte liderança estadual e majoritária na região do Brejo.

Walter Jr. é forte em Solânea

Para o ex-governador e ex-prefeito de Guarabira,Roberto Paulino, não haverá dificuldades em conseguir um nome para disputar a Prefeitura de Guarabira em 2020, a começar pela própria casa.

Caso deseje, Paulino tem nomes fortes na família para uma possível disputa pela Prefeitura de Guarabira: Fátima, sua esposa, que já foi prefeita duas vezes; e o deputado Raniery Paulino, seu filho. Outros nomes serão estudados pelo grupo político que hoje está na oposição em Guarabira.

Mas a prioridade da família, no momento atual, é a campanha de Raniery para a reeleição e de Roberto Paulino para senador da República.

Na cidade de Patos, o deputado estadual Nabor Wanderley disputa a reeleição pelo PRB, de olho nas articulações para 2020, principalmente depois que o prefeito Dinaldinho Wanderley Filho (PSDB) e seu irmão, Gustavo Wanderley, candidato a deputado estadual pelo PV, entraram na mira de uma operação policial denominada “Cidade Luz”, que constatou falcatruas na administração municipal.

Pai do deputado federal Hugo Motta (igualmente candidato à reeleição pelo PRB), Nabor Wanderley foi duas vezes prefeito de Patos, e, segundo fontes políticas da cidade, pensa em retornar ao Paço Municipal.

Mas entre os membros da família Wanderley (Nabor, Dinaldinho, Hugo e Gustavo), está o médico érico Djan, que é candidato a deputado estadual pelo PPS, de olhos voltados para o futuro. Dr. Érico, como é conhecido o mpedico, tenta se firmar na política de Patos pensando em um dia ser candidato a prefeito, o que pode ocorer em 2020.

Em Natuba, o líder da oposição Roberto Sousa de Andrade, conhecido como Robertinho (PR), teve seu nome lançado para prefeito em 2020 há menos de um mês, em um almoço que ele ofereceu ao candidato a governador José Maranhão (MDB) e ao deputado federal e candidato à reeleição, Wellington Roberto, na sua fazenda na parte paraibana do distrito de Pirauá.

Relacionadas