terça, 22 de agosto de 2017
Política
Compartilhar:

Ato pró-impeachment reúne mais de duas mil pessoas em João Pessoa, segundo a polícia

Ellyka Akemy / 13 de março de 2016
Foto: Nalva Figueiredo
Milhares de pessoenses protestaram, na tarde desse domingo, no final da Avenida Epitácio Pessoa, próximo ao Busto de Tamandaré, limite das praias do Cabo Branco e Tambaú. Famílias inteiras pediam o impeachment da presidente Dilma Roufesseff, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o fim da corrupção no Brasil. Os organizadores do evento estimaram a participação de 15 mil pessoas. No entanto, a Polícia Militar da Paraíba calculou 2 mil.

As pessoas estavam vestidas de verde e amarelo e carregavam bandeiras do Brasil. Algumas seguravam cartazes ressaltando apoio à Operação Lava Jato e ao juiz Sérgio Moro. A organização do evento armou um boneco inflável de seis metros, onde de um lado aparecia a imagem do ex-presidente Lula vestido de presidiário e do outro a presidente Dilma.

O senador Cássio Cunha Lima e os deputados federais Pedro Cunha Lima e Efraim Filho participaram do evento. Este último foi vaiado pela população, após ser convidado pela organização do evento para discursar em cima do trio elétrico. Devido à agitação dos presentes, ele desistiu da ação.

Segundo Alisson Morais, um dos organizadores do evento, esta foi uma das maiores mobilizações feitas na Paraíba. “Estamos aqui hoje porque acreditamos que a saída da presidente Dilma e do PT do governo vão trazer sim mudanças significativas para o País. Somente a condução coercitiva do ex-presidente Lula esta semana fez com que a bolsa brasileira subisse e o dólar caísse”, comentou.

Após mais de duas horas concentrado no final da Av. Epitácio Pessoa, o grupo seguiu em caminhada pela orla do bairro de Tambaú, com destino ao Largo da Gameleira, onde houve o encerramento do ato. A Polícia Militar mobilizou 120 homens em João Pessoa para fazer a segurança do protesto e não registrou nenhuma ocorrência.

 

Relacionadas