quinta, 25 de fevereiro de 2021

Política
Compartilhar:

André Amaral é ‘descartado’ e Sérgio Sá Leitão assume Ministério da Cultura

Redação com Agência Brasil / 20 de julho de 2017
Foto: Divulgação
O atual diretor da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Sérgio Sá Leitão, é o novo ministro da Cultura. O convite para que ele ocupe o cargo foi feito nesta quinta-feira (20) pelo presidente Michel Temer, de acordo com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República. Com a decisão do presidente Michel Temer, a possibilidade do deputado paraibano André Amaral (PMDB), que era cotado para o cargo, assumir o ministério acaba. O nome do parlamentar paraibano havia surgido dentro da bancada do PMDB e tinha sido levado ao presidente Michel Temer.

O novo ministro

Além da passagem pela direção da Ancine, para onde teve a indicação aprovada em abril pelo Senado, Leitão ocupou a chefia de gabinete do Ministério da Cultura durante a gestão do ex-ministro Gilberto Gil e foi secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro. Em nota, a Presidência informa que Leitão tem reconhecida experiência na área cultural.

Sérgio Sá Leitão assume o comando da Cultura no lugar no ministro interino João Batista de Andrade. Então secretário executivo da Cultura, Andrade assumiu interinamente o cargo de ministro em maio, após o deputado Roberto Freire (PPS-PE) anunciar a saída do cargo.

Em junho, João Batista de Andrade enviou uma carta enviada ao presidente Michel Temer afirmando não ter interesse em ser efetivado no comando da pasta.

Relacionadas