terça, 19 de janeiro de 2021

2018
Compartilhar:

Após receber convite de Ricardo Coutinho, Veneziano pode concorrer ao Senado

Francisco Varela Neto / 09 de janeiro de 2018
Foto: NALVA FIGUEIREDO
Depois dos recentes elogios recebidos pelo governador do estado, Ricardo Coutinho (PSB), o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (MDB) disse que pode compor a chapa majoritária encabeçada pelo secretário de Infraestrutura, João Azevedo. De acordo com o deputado, a chapa poderá ter seu nome como candidato ao Senado.

“É uma opção que passa a ser aventada por nós. O governador falou comigo, eu tive com ele durante cerca de 40 minutos e ele me perguntou se poderia colocar meu nome para análise, assim como João Azevedo também me fez essa pergunta. E é motivo de satisfação ouvir do governador que a presença de Veneziano, pelo seu trabalho, poderia ou poderá trazer benefícios a Paraíba”, disse Veneziano em entrevista à rádio Correio/Sat 98FM.

Veneziano também revelou seu distanciamento com senador e presidente estadual do MDB, José Maranhão.

“Comigo ele não tem tido contatos políticos. Eu não sou nem chamado quando o senador Maranhão vai a Campina Grande. Ele tem um deputado federal que teve 64 mil votos e poderia muito bem dizer que ia dar um pulinho na minha casa”, revelou.

O parlamentar destacou a preocupação com Maranhão, que tem estado mais próximo do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB).

“Isso me preocupa. Eu me preocupo com a imagem de um amigo. Se o senador Maranhão vem a essa tribuna e diz que a administração de Romero é boa, então ele concorda com a prática do nepotismo, que é feita lá em Campina pelo seu prefeito. Existem dois super secretários lá que receberam no ano de 2017 o dobro do que a administração, tão aplaudida por Zé Maranhão, investiu na assistência social”, afirmou.

Segundo o deputado, a pré-candidatura de José Maranhão é legítima. Apesar disso, mas não confirmou se vota ou não no senador governador. “É legitima a postulação de quem esteja filiado ao partido e de quem reúne as condições objetivas para ter a sua candidatura reconhecida pela justiça eleitora e no caso do governador maranhão as suas condições são as melhores eleitoralmente, as experiências de tantos anos na política, mas eu só posso responder de forma definitiva se até o dia seis de abril eu estiver no MDB”, disse.

Relacionadas