segunda, 10 de maio de 2021

Operação Cronos
Compartilhar:

Operação da PM prende 23 foragidos da justiça na Paraíba e mais de 1 mil no país

Ainõa Geminiano / 25 de agosto de 2018
Foto: Arquivo
A Polícia Civil prendeu 23 pessoas foragidas da Justiça, que respondem a processos por vários crimes, especialmente homicídios e feminicídios. As prisões foram parte da Operação Cronos, realizada sob a coordenação do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CONCPC), com apoio do Ministério da Segurança Pública. Um balanço nacional divulgado no final da tarde relatou 1.027 prisões em todo país. Mais de 6 mil policiais civis participaram da ação.

A Operação Cronos foi planejada durante o encontro do CONCPC, realizado em julho deste ano. Inicialmente, o foco da ação seria os autores de feminicídios, mas a operação se estendeu para os demais acusados de homicídios e outros crimes, com a missão de dar cumprimento ao maior número possível de mandados de prisão em aberto.

Feminicídio

Com relação aos crimes contra a mulher, a operação também buscou homens que descumpriram medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha.

Na Paraíba, os 23 presos foram localizados nas cidades de João Pessoa, Alhandra, Belém, Campina Grande, Patos, Itaporanga e Piancó. O adjunto da Delegacia Geral de Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, explicou que, após serem identificados e presos, os acusados foram levados para as delegacias das cidades onde ocorreram as prisões.

“Os custodiados ficarão nessas delegacias até serem apresentados ao juiz durante a audiência de custódia, que ocorrerá nas comarcas responsáveis pela rewgião onde se deu a prisão”, afirmou o delegado.

No restante do país, parte das investigações que levaram à identificação dos mandados de prisão em aberto, foram feitas com auxílio do Banco de Perfil Genético, do Ministério da Segurança Pública, que reúne o DNA de autores de crimes sexuais e confronta com o material genético encontrado nas vítimas.

De acordo com o Ministério, o banco será ampliado e contará com 130 mil perfis cadastrados até o fim de 2019.

Megaoperação

A Operação Cronos foi realizada em 17 estados e prendeu mais de mil pessoas por homicídio e feminicídio.

Relacionadas